Menu
Busca quinta, 19 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Camara Maio22
Cidade

Empresas parceiras da Agepen já podem se inscrever no 4° ciclo do Selo Resgata

A iniciativa é uma forma de reconhecer empresas que contratam a mão de obra prisional

12 novembro 2021 - 16h49Taynara Menezes, com assessoria

Empresas que tem parceria com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) de Mato Grosso do Sul e contratam mão de obra prisional já podem se cadastrar para receber o Selo Nacional de Responsabilidade Social pelo Trabalho no Sistema Prisional – Resgata. 

A iniciativa é promovida pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) como forma de reconhecer as empresas, órgãos públicos e empreendimentos de economia solidária que contratam pessoas privadas de liberdade e egressos do sistema penal.

A Resgata é um instrumento para incentivar e dar visibilidade às organizações que colaboram com a reintegração dessas pessoas no mercado de trabalho e na sociedade.

No 4° ciclo do projeto, esse ano chega com a proposta de inovação tendo em sua certificação o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), por meio do projeto de Fortalecimento da Gestão do Sistema Prisional Brasileiro, criado mediante Acordo de Cooperação Técnica com o Depen.

Além disso, o processo foi simplificado, pois o lapso temporal para as inscrições está reduzido em relação aos demais, para que seja concedido ainda este ano o Selo Resgata.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 6 de dezembro de 2021, disponibilizadas pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScNYU-_eNLQ5H4An6qRF-m2TNHBR3RxyEBGr4FGlNwUQTh_6w/viewform?usp=sf_link

Alguns critérios para a concessão do Selo:

I - preencher o formulário de inscrição aplicável;

II - comprovar a contratação de pessoas em privação de liberdade, internados, cumpridores de penas alternativas ou egressos do sistema prisional, nos seguintes percentuais, conforme o caso:

a) três por cento das vagas, quando a instituição possuir duzentos ou menos funcionários;

b) quatro por cento das vagas, quando a instituição possuir duzentos e um a quinhentos funcionários;

c) cinco por cento das vagas, quando a instituição possuir quinhentos e um a mil funcionários;

d) seis por cento das vagas, quando a instituição possuir mais de mil funcionários.

Em caso de eventuais dúvidas entre em contato pelo telefone (61) 2025 9806 ou e-mail [email protected]

Clique aqui para acesso à Portaria 485 de 2021, publicada no DOU.

 

Energisa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Tempestade deixou mais de 40 bairros da Capital sem luz
Cidade
Paulo Ricardo comete gafe ao citar Campo Grande em MT, não em MS
Cidade
Atenção: Obras interditam cruzamentos na área central neste fim de semana
Cidade
Aeródromo Santa Maria registra média de seis operações por noite
Cidade
Aprovados em processos seletivos na área da educação são convocados
Cidade
Funsat itinerante encerra ação serviços sociais no Itamaracá
Cidade
MP abre inquérito contra Flexpark
Cidade
Interdição na Rui Barbosa altera 26 linhas de ônibus nesta semana
Cidade
Parque dos Poderes: Lombadas eletrônicas começam a aplicar multas hoje
Cidade
Atenção: Lombadas do Parque dos Poderes serão ativadas a partir de amanhã

Mais Lidas

Polícia
Detento é encontrado morto em cela no presídio da Gameleira
Política
Luiz Renato é o novo secretário de Fazenda de MS
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Interior
Furioso, marido morde e arranca parte de orelha de esposa