Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Governo de MS investirá R$ 119 mi em obras de saneamento em 16 municípios

Será assinado neste neste sábado (21) um contrato com a Caixa Econômica Federal

20 setembro 2019 - 10h55Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

O Governo do Estado avançou na meta da universalização do esgotamento sanitário em todos os 79 municípios sul-mato-grossense.

Neste neste sábado (21) será assinado um contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF) no valor de R$ 119 milhões para execução de obras de saneamento básico em 16 cidades, beneficiando mais 165 mil moradores.

A assinatura dos contratos entre a administração estadual, CEF, Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) e prefeituras acontecerá às 9h30, na sede da Sanesul em Campo Grande.

Os recursos são do Programa Avançar Cidades, programa do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).  Do valor total, R$ 113 milhões são dessa linha de financiamento, que tem o FGTS como fonte principal recursos, e R$ 6 milhões são de contrapartida da Sanesul.

Os valores serão investidos na construção de redes de esgoto, elevatórias, estações de tratamento de esgoto (ETE) e sistema de proteção de tubulações no Rio Paraguai, em Corumbá, além de melhorias em ETEs já existentes nos demais municípios.

As obras serão realizadas nos municípios de Anaurilândia, Anastácio, Aral Moreira, Bataguassu, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Japorã, Mundo Novo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Ivinhema e Corumbá.

A previsão da Sanesul é de construir 419.550 km de extensão de rede de esgoto e 23.046 novas ligações de esgoto nas cidades beneficiadas nesse programa. Outras obras também serão complementares do sistema de esgotamento sanitário.

Segundo o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, com esses recursos assegurados, haverá um avanço significativo nos índices de cobertura de esgoto nestes municípios operados pela estatal. “Obra de esgotamento sanitário impacta positivamente em todo o funcionamento da cidade, com a melhora do ambiente em geral, das condições de vida, com redução da ocorrência de doenças, aumento da produtividade e da renda do trabalhador”, afirmou o diretor.

Já para o presidente da CEF, Pedro Guimarães, a assinatura dos contratos representa um marco para a região. “Alguns municípios passarão a ter 100% do esgoto tratado, saindo de uma condição precária, sem estrutura de saneamento básico, para uma realidade com mais dignidade e saúde”, explicou o presidente.

O Avançar Cidades – Saneamento – tem o objetivo de promover a melhoria do saneamento básico do país. A Sanesul cadastra seus projetos, mas o processo seletivo dos municípios é conduzido pelo Ministério das Cidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
"Quem ouve mais erra menos", diz Reinaldo após reunião com lideranças da capital
Cidade
Com R$ 103 mi em emendas asseguradas, Marquinhos se diz cauteloso
Cidade
Expectativa é de que até sábado recapeamento da Antônio Maria Coelho chegue na Ceará
Cidade
Marquinhos e Azambuja se reúnem nesta quinta-feira
Cidade
Duplicação da avenida Zulmira Borba, no Nova Lima, é retomada
Cidade
Mudança facilitará o acesso de pacientes à Casa da Saúde
Cidade
Acampamento acabou, mas lixo ficou às margens da rodovia
Cidade
Empresa vence licitação e decoração de Natal custará R$ 597 mil
Cidade
Pessoas em sofrimento mental da Capital poderão contar com programa social
Cidade
Velório de Antônio Farias, o "Baiano", será esta noite

Mais Lidas

Polícia
Assalto em aeroporto leva pânico a passageiros e deixa dois seguranças baleados
Geral
Condutora bate carro no muro do Detran em exame para tirar a CNH
Polícia
Briga em bar termina com dois homens esfaqueados
Esportes
Vascaínos são espancados por flamenguistas em posto