Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Cidade

Governo de MS investirá R$ 119 mi em obras de saneamento em 16 municípios

Será assinado neste neste sábado (21) um contrato com a Caixa Econômica Federal

20 setembro 2019 - 10h55Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

O Governo do Estado avançou na meta da universalização do esgotamento sanitário em todos os 79 municípios sul-mato-grossense.

Neste neste sábado (21) será assinado um contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF) no valor de R$ 119 milhões para execução de obras de saneamento básico em 16 cidades, beneficiando mais 165 mil moradores.

A assinatura dos contratos entre a administração estadual, CEF, Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) e prefeituras acontecerá às 9h30, na sede da Sanesul em Campo Grande.

Os recursos são do Programa Avançar Cidades, programa do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).  Do valor total, R$ 113 milhões são dessa linha de financiamento, que tem o FGTS como fonte principal recursos, e R$ 6 milhões são de contrapartida da Sanesul.

Os valores serão investidos na construção de redes de esgoto, elevatórias, estações de tratamento de esgoto (ETE) e sistema de proteção de tubulações no Rio Paraguai, em Corumbá, além de melhorias em ETEs já existentes nos demais municípios.

As obras serão realizadas nos municípios de Anaurilândia, Anastácio, Aral Moreira, Bataguassu, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Japorã, Mundo Novo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Ivinhema e Corumbá.

A previsão da Sanesul é de construir 419.550 km de extensão de rede de esgoto e 23.046 novas ligações de esgoto nas cidades beneficiadas nesse programa. Outras obras também serão complementares do sistema de esgotamento sanitário.

Segundo o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, com esses recursos assegurados, haverá um avanço significativo nos índices de cobertura de esgoto nestes municípios operados pela estatal. “Obra de esgotamento sanitário impacta positivamente em todo o funcionamento da cidade, com a melhora do ambiente em geral, das condições de vida, com redução da ocorrência de doenças, aumento da produtividade e da renda do trabalhador”, afirmou o diretor.

Já para o presidente da CEF, Pedro Guimarães, a assinatura dos contratos representa um marco para a região. “Alguns municípios passarão a ter 100% do esgoto tratado, saindo de uma condição precária, sem estrutura de saneamento básico, para uma realidade com mais dignidade e saúde”, explicou o presidente.

O Avançar Cidades – Saneamento – tem o objetivo de promover a melhoria do saneamento básico do país. A Sanesul cadastra seus projetos, mas o processo seletivo dos municípios é conduzido pelo Ministério das Cidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Veja os bairros onde o fumacê contra o Aedes Aegypti passará nesta tarde
Cidade
MS teve menos 1.871 crimes nos primeiros quatro meses de 2020
Cidade
Nova Lima começa a receber drenagem para novos 20km de asfalto
Cidade
Barreiras sanitárias da capital terão exames prontos em 10 minutos
Cidade
"Não vamos pagar a folha de julho", diz Pedrossian se ajuda federal demorar
Cidade
Capital terá Refis, sem multa, juros e correção
Cidade
Vídeo - campeonato de pipas gera aglomeração na periferia
Cidade
Sistemas informatizados dão mais segurança ao monitoramento do coronavírus
Cidade
Servidores da prefeitura retomam jornada de trabalho com mudanças
Cidade
Saídas de Campo Grande terão barreiras sanitárias na próxima semana

Mais Lidas

Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022
Geral
Ipê é oficialmente árvore símbolo do Estado
Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio à pandemia, é sociopata”, diz procurador-geral
Política
"Fui gado, comi capim", diz deputado ex-bolsonarista