Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Cidade

Guarda flagra 113 pessoas furando o toque de recolher

Ao todo, 89 estabelecimentos estavam abertos fora do horário permitido

09 maio 2021 - 14h12Brenda Assis

Durante a madrugada deste domingo (9), a fiscalização das equipes da Guarda Civil Metropolitano (GCM), cumprindo o toque de recolher às 22h, que foi estendido por conta do Dia das Mães, 113 pessoas foram flagradas fora de casa e 89 locais de comércio, como bares e conveniências abertos fora do horário permitido. 

A operação teve início às 7h de sábado (8), foram 270 atendimentos pelo número de denúncia 163. Destes, 27 comércios foram encontrados abertos fora do horário permitido.

Na operação integrada com Procon, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), Agência Municipal de Trânsito (Agetran) e Vigilância Sanitária, foram 62 estabelecimentos comerciais irregulares.

Junto com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), foram fiscalizados 197 veículos e 18 notificações expedidas. Do total, 2 motocicletas foram removidas e 4 CNHs recolhidas. 

 

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Restrições começam hoje
Cidade
Estado analisa se mantém restaurantes abertos
Geral
Dia dos Namorados: algumas opções para aproveitar a data em Campo Grande
Cidade
Com mais dois dias de funcionamento, você sabe quais as regras vigentes? Confira
Cidade
Estado só aumentará restrições no domingo
Cidade
Chuva não impede grande procura por vacinas nesta quinta
Cidade
Procon encontra variação de 159% em cesta de café da manhã para o Dia dos Namorados
Cidade
Abrasel e Associação Comercial vão à Justiça para barrar decreto
Cidade
Comércio pede que restrições comecem na próxima semana
Cidade
Asfalto chega ao Rita Vieira em agosto

Mais Lidas

Geral
Ex-chiquitita ganha Porsche no 1º Dia dos Namorados
Geral
Vídeo: cadeiradas e vassouradas rolam soltas em 'quebra pau' no MC Donald's
Internacional
Em 40 segundos, pescador é engolido e cuspido vivo por baleia jubarte
Geral
Sérgio Murilo deve deixar secretaria