Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo - Festival America do Sul
Cidade

JBS passa por interdição após novo vazamento de amônia

De acordo com assessoria, incidente foi rapidamente controlado

08 novembro 2019 - 16h53Vitória Ribeiro

Unidade do frigorífico da JBS, localizada na MS-060, saída para Sidrolândia, foi interditada após novo vazamento de amônia na manhã desta sexta-feira (08).

A assessoria da empresa, por meio de nota informou que: "a JBS esclarece que, na manhã desta sexta-feira (8), antes do início do expediente, houve um vazamento de amônia na unidade de Campo Grande (MS), localizada na saída para Sidrolândia, que foi rapidamente controlado. A área foi imediatamente evacuada e não há registro de feridos. A JBS informa ainda que as causas do incidente estão sendo apuradas pela empresa".

Há pouco mais de um mês atrás, no dia 20 de setembro, a empresa confirmou a intoxicação de 19 funcionários devido a vazamento de amônia, na unidade de Sidrolândia. Os funcionários intoxicados foram encaminhados ao hospital local. 

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Protestar devedores em cartório passará a ser gratuito
Normativa entra em vigor a partir do dia 28
Cidade
Águas suspende atendimento no Fácil Guaicurus nesta quarta
Cidade
No MS milhagens serão usadas para transportar pacientes
Cidade
Prefeitura vai investir R$4,6 milhões na Assaf Trad
Cidade
Codecon aprova projetos que garantem mais empregos na capital
Cidade
Confira dicas de segurança para comprar na Black Friday
Cidade
Revitalização da 14 de Julho estimula empresários a investirem em suas lojas
Cidade
Com recapeamento, moradores comemoram o fim da buraqueira
Cidade
Procon autua Magazine Luiza por desrespeito a clientes preferenciais
Cidade
Áquila Burguer é autuado por vender produtos vencidos

Mais Lidas

Polícia
Homem morre após ser prensado por rolo compactador
Polícia
Idoso é preso após passar a mão nas partes íntimas de diarista
Polícia
Homem tem 80% do corpo queimado e morre a caminho do hospital
Brasil
Pesquisa revela que 84.20% são a favor da CPI da Energisa