Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Cidade

Lago do Parque das Nações será totalmente cheio até março de 2020

A previsão é do secretário da Semagro que detalhou obras necessárias

18 novembro 2019 - 14h51Joilson Francelino e Mauro Silva

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, disse nesta segunda-feira (18), que a previsão para o enchimento total do lago do Parque das Nações Indígenas é março de 2020.

Nesta semana, o principal cartão postal da cidade foi esvaziado novamente para obras no deck. “Para fazer o chumbamento da base do deck, foi necessário baixar o nível da água. Durante esse período abrimos a comporta e retiramos a água. Esvaziamos, concretamos todos os pilares e em três dias encheremos [75% da capacidade]”, detalhou o secretário.

O lago precisará ser esvaziado mais uma vez para as obras da rede de gabião que deve durar até março, quando a população voltará a ter seu principal cartão postal de volta.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Marquinhos anuncia toque de recolher às 20 horas a partir de amanhã
Cidade
“Entrando na onda”: Shopping Campo Grande também realizará cinema drive-in
Cidade
Aeroporto terá novo acesso
Cidade
Prefeitura de Dourados decreta luto por morte de secretário de Agricultura Familiar
Cidade
Salário dos servidores municipais estará disponível neste sábado
Cidade
Confira o itinerário de fumacê contra o Aedes Aegypti em oito bairros
Cidade
Obra na Praça do Jardim Noroeste deve ser entregue em dezembro
Cidade
Vídeo: “Não tenho bola de cristal”, diz Marquinhos sobre lockdown
Cidade
“Lixão” da Solurb pode ser instalado em área de preservação, diz associação de moradores
Cidade
Guarda Municipal usará medidor de decibéis em denúncias de som alto

Mais Lidas

Esportes
AO VIVO: Flamengo e Fluminense na final da Taça Rio
Polícia
Trio é detido com R$ 400 mil em prata granulada clandestina
Política
Dourados fecha bares e academias por dez dias
Polícia
DNA aponta preso de São Paulo como autor de estupro em MS