Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Cidade

Lei que prevê multas e punições para quem passar trote no 190 e 193 foi sancionada hoje

A lei estabelece ainda multa de 12 UFERMS, o equivalente a quase R$ 400, para os proprietários das linhas telefônicas de onde originarem as chamadas

29 setembro 2020 - 18h55Brenda Assis, com informações Portal MS

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, sancionou nesta terça-feira (29), a Lei n.º 5.571, que institui o Programa Permanente de Combate aos Trotes Telefônicos aplicados contra os serviços de atendimento às chamadas de emergência da segurança pública. Conforme a nova lei, a partir de agora, quem ligar nos números de emergência 190 ou 193 para passar trote, será investigado, processado e multado.

Conforme o diretor-geral do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), delegado Marcos Takeshita, no ano passado foram registradas 6.736 tentativas de trote e este ano, até o mês de agosto, foram 2.927 tentativas de trotes aos números de emergência do Estado. “Com essa nova lei, todos os casos de tentativas ou de trotes serão encaminhados para a Polícia Civil, que irá abrir procedimento para identificar os responsáveis por essas ligações”, garante.

Pela nova lei, os atendentes do CIOPS deverão documentar as ocorrências identificadas como trotes e informar imediatamente as autoridades competentes. Os responsáveis pelas ligações podem ser enquadrados em crimes previstos nos artigos 265, 266 e 340 do Código Penal Brasileiro, por perturbar serviço radiotelegráfico ou telefônico, falsa comunicação de crime e atentar contra serviço de utilidade pública, que prevê penas de até 5 anos e multa.

A lei estabelece ainda multa de 12 UFERMS, o equivalente a quase R$ 400, para os proprietários das linhas telefônicas de onde originarem as chamadas, podendo o valor ser acrescido de 50% em casos de reincidência.

Conscientização

O Programa Permanente de Combate aos Trotes Telefônicos regulamenta as atividades de conscientização, como palestras e campanhas, com o objetivo de conscientizar a população acerca dos malefícios e prejuízos que os trotes que chegam aos serviços de emergência da segurança pública causam à população.

 

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Sábia sai do hospital e precisa de ajuda para conseguir coisas básicas na casa nova
Cidade
Neste "finde" Sesau terá posto de vacinação no shopping Norte Sul
Cidade
Sejusp e Senad realizam leilão para vender 30 lotes de sucatas e veículos
Cidade
Após chuva, caminhão de lixo atola no Noroeste
Cidade
Impresa cria "vakinha online" para ajudar companheiro de pautas
Cidade
Pesquisa vai nortear turismo em Campo Grande
Cidade
Reforma da Orla Morena começará após o período eleitoral
Cidade
Esclarecido! Raio provocou "piscada de luz" em Campo Grande
Cidade
Campanha "Eu Alimento" beneficia oito instituições sociais
Cidade
Protetora de animais vende petiscos para custear tratamentos

Mais Lidas

Justiça
Sobrinho que matou tio com 9 tiros será julgado nesta sexta-feira
Economia
Caixa já disponibilizou mais de R$ 25 bilhões para micro e pequenas empresas na pandemia
Educação
Governo forma 1° turma de médicos da UEMS
Brasil
AO VIVO: STF decide se ICMS do gás fica no MS