Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 03
Cidade

Na capital, Dias Toffoli elogia programa de ressocialização de detentos do MS

O ministro disse que o programa tem potencial para ser copiado em outros Estados

14 fevereiro 2020 - 13h16Joison Francelino e Mauro Silva

Durante a solenidade de entrega da reforma da Escola Estadual Lino Villachá, no bairro Nova Lima – região norte de Campo Grande, realizada na sexta-feira (14), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, elogiou o programa de ressocialização de detentos chamado de “Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade”. Também presente no evento estava o presidente do Tribunal de Justiça de MS (TJ-MS), Des. Paschoal Carmello Leandro, que destacou a importância do projeto e a economia  de R$ 8 milhões que a ação trás para o Estado.

“É um honra entregar esta escola totalmente reformada e ampliada. Também agradeço a presença de Dias Toffoli, lembro que em seu discurso de posse que o Brasil não está em crise, mas em transformação. Lembro também que a ausência de uma educação de qualidade sempre foi um grande obstáculo à construção da nossa cidadania”, disse Paschoal.

“Pois bem, estamos aqui na Escola Lino Villachá testemunhando um projeto inovador, aqui por iniciativa da 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande, o poder Judiciário de Mato Grosso do Sul em parceria com o governo do Estado vai além do previsto na carta magna com o projeto que praticamente inexiste no Brasil”, acrescentou.

De acordo com o presidente do TJ-MS, com essa ação todos saem ganhando detentos, alunos e professores, ou seja, toda a sociedade. Ele disse também que se pode constatar a qualidade do ensino em outras dez unidades que também foram reformadas pelo programa. “Além da qualidade no ensino a gente colabora com a economia para os cofres públicos que somente com esta ação chega próximo a R$ 8 milhões”, afirmou o desembargador.

Ministro

Dias Toffoli veio a Campo Grande para conhecer o projeto que é é executado e custeado por presos de Campo Grande e já reformou 11 escolas, por meio de uma parceria entre o TJMS e o Governo do Estado. O juiz idealizador, Albino Coimbra Neto, da 2ª Vara de Execução Penal (VEP), explica que o local foi escolhido porque um grupo de alunos do ensino médio produziu um documentário retratando o projeto do Poder Judiciário de MS e, inclusive, venceu o "Festival Nacional Cineastas 360º", ganhando destaque nacional.

O valor total para a execução da reforma, que abrange 9.721 m², foi de R$ 398.500,00, dinheiro arrecadado com o desconto de 10% dos salários dos presos que trabalham via convênio em Campo Grande. O único gasto público é o pagamento de um salário-mínimo por mês para cada preso, sob responsabilidade da Secretaria de Educação.

A obra contemplou a reestruturação completa da escola Lino Lino Villachá , desde a parte hidráulica, elétrica, calçamento, revestimento, colocação de pias, forro de PVC, serviços de serralheria, pintura e paisagismo.

“Estou alegre por participar desta inauguração da reforma da escola que teve a participação de internos do sistema penitenciário. Isso mostra um unidade de trabalho do Poder Executivo, do Judiciário e do Legislativo. Defendo sempre que o Estado é um só”, afirmou Toffoli.

“Visitei os tribunais de outras partes do país, além dos chefes dos poderes locais e é importante atuar desta forma. O STF é um tribunal da Federação que arbitra os conflitos entre os Estados e a União e conhecer a  base de totós é extremamente relevante”, completou.

Tofolli disse que o programa realizado em MS pode ser replicado em todo o país. Ele ressaltou que esta visita tem como objetivo avaliar o programa para que o mesmo possa ser copiado em outras partes do Brasil. “Vamos sim, pelo CNJ através do projeto Justiça Presente levar este projeto aos demais Estados”, finalizou Tofolli.

O governador, Reinaldo Azambuja, também esteve no evento e mostrou toda a escola do Nova Lima, reformada pelos presos ao ministro.]

*Foto de capa: Isabela Delai Santana

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Fumacê contra o Aedes Aegypti percorrerá seis bairros da capital
Cidade
Vídeo: a “bola de fogo” que deixou campo-grandenses intrigados
Cidade
Refis seguirá até 5 de agosto
Cidade
Prefeitura retoma higienização das ruas em 4 bairros nesta quinta-feira
Cidade
“Músicos podem trabalhar durante o dia”, diz Marquinhos
Cidade
Estado garante recursos para asfalto em ruas e avenidas da capital
Cidade
Marquinhos anuncia toque de recolher às 20 horas a partir de amanhã
Cidade
“Entrando na onda”: Shopping Campo Grande também realizará cinema drive-in
Cidade
Aeroporto terá novo acesso
Cidade
Prefeitura de Dourados decreta luto por morte de secretário de Agricultura Familiar

Mais Lidas

Geral
Orro quer proibir atos públicos para evitar aglomerações
Saúde
Capital tem cinco novas mortes e MS registra 177 por coronavírus
Saúde
“Só vejo acúmulo de óbitos”, diz Mandetta sobre militares na Saúde
Saúde
Rudel, do Detran, está com coronavírus