Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Pesque e solte entra em vigor em MS

Sistema foi autorizado e inclui nas regras a cota zero, buscando manter estoque pesqueiro no estado

01 fevereiro 2019 - 10h55Graziella Almeida com Assessoria

Governo autoriza a pesca amadora, mas no regime Pesque e Solte no leito (calha) do Rio Paraguai, a partir desta sexta-feira (1º). Secretarias ainda estudam o decreto para tentar manter o estoque pesqueiro nos rios de MS.

O sistema vai até o dia 28 de fevereiro, quando termina a piracema e a pesca é liberada em todo estado. A decisão foi em incentivo ao turismo, pois muitos visitantes estão vindo ao estado em busca da atividade amadora.

Alguns empresários apostam na alta demanda de turistas quando a temporada de pesca for liberada, trazendo muito mais investimentos para região. Além disso, estão a favor da cota zero, entendendo que a reprodução é necessária para manter o estoque pesqueiro e o turismo ativo no MS.

Com a autorização do Pesque e Solte, a Policia Militar Ambiental (PMA) irá reforçar a fiscalização em Corumbá e Porto Murtinho, cujos áreas envolvem calhas do rio. Já que PMA está concentrada na fronteira Paraguai e Bolivia, na região de divisa com Mato Grosso e também  na área do entorno do parque Nacional do Pantanal.

O tenente-coronel da PMA, Queiroz, diz que a fiscalização na região será reforçada e que só será permitido usar pretrechos legais para pesca amadora. Ele reforça que “A multa para quem descumprir a lei pode variar de R$ 700,00 a R$ 100 mil, além de R$ 20,00 por quilo de peixe. Já o crime ambiental pode leva-lo à prisão, com penas podendo varias de um a três anos de detenção”.

O tenente-coronel afirma que, quem for passear em ranchos, não pode ficar pescando de forma alguma pois a pesca está proibida.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Cruzamento da 14 de Julho com Mato Grosso será interditado nesta quinta
Cidade
Em Brasília, Marquinhos tenta quebrar lentidão de convênios
Cidade
Com investimento de R$ 1,9 mi, prefeitura retoma obra parada há cinco anos
Cidade
Bairro Santa Fé e região amanhecem sem energia
Cidade
Parques e praças da capital terão parquinhos de pneus
Cidade
Em Brasília, Marquinhos busca recurso para recapear 35 km de vias
Cidade
EMHA diz que invasões prejudicam 42 mil famílias que aguardam programa de moradias
Cidade
Administrativos da educação entram em greve
Cidade
Investimentos do estado reduzem acidentes e mortes no trânsito de capital
Cidade
Inscrições para sorteio de apartamentos na capital encerram terça-feira

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações