Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Cidade

Prefeitura abre processo licitatório para administração e exploração da Feira Central

A empresa selecionada deverá atual na administração do local por 20 anos

06 maio 2019 - 17h15Graziella Almeida

A Prefeitura Municipal de Campo Grande divulgou no último dia 29 de março, no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) a abertura da licitação para administração e exploração da Feira Central pelos próximo 20 anos. O processo abre um aval para empresas de iniciativa privada participarem. As propostas dever ser apresentadas até o dia 20 deste mês.

O edital cita que o objetivo da licitação é achar uma empresa que fique responsável pela administração da Feira Central. O acordo será feito através de um contrato de concessão de direito real de título garantido, com encargos e cláusulas de reversão.

A administração selecionada deverá ter noções administrativas e zelar pelo funcionamento do espaço de forma adequada, mantendo a ordem e os bons costumes. O ambiente deve ficar limpo e higienizado, com a manutenção em dias e vigilância a favor dos funcionários, entre outras obrigações.

Propostas

A concessionária deve apresentar uma proposta técnica, no qual o aproveitamento do espaço físico seja respeitoso e de acordo com os termos de tombamento do Complexo Ferroviário, além de levar adiante o conceito original da Feira Central, preservando características, tradições e cultura do local.

A proposta deverá atender a diversos critérios, sendo um deles, a apresentação do termo de compromisso assinado pelo responsável legal do licitante, onde se deve estar declarado de forma legível o valor a ser investido na implementação do imóvel.

O valor do investimento começa a partir de 10 milhões, mas os interessados devem apresentar um projeto com valor acima de 55 milhões, com chances de concorrer com as demais empresas.

Além desses critérios principais, a concessionária deve também deixar claro a data no qual irá começar a exercer suas atividades no espaço.

Quem pode participar

Os interessados em participar tem que ser pessoas jurídicas de direito privado ou associativas, que tenham objetivo social em atividades relacionados a administração de feiras e demais estabelecimentos.

A atual administração

Até o momento, a Feira Central é administrada pela Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande (Afecetur). A administração passa por processo eleitoral e assim que eleito, o novo presidente irá adequar a proposta e também pretende participar do processo de licitatório.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
“Não é hora de fazer compras”, diz Marquinhos no primeiro dia de comércio aberto
Cidade
Confira como comércio funcionará a partir da próxima segunda
Cidade
Mosquito Zero encerra atividades e elimina mais de mil focos de dengue
Cidade
Bancos estão atendendo em horários diferentes na capital
Cidade
Coronavírus - Detran alerta a importância de higienizar veículos
Cidade
Marquinhos pode abrir camelódromo e shoppings; boates ficarão fechadas
Cidade
Secretário apresenta plano para reabrir o comércio a partir de segunda
Cidade
Forças Armadas realizam descontaminação no aeroporto da capital
Cidade
Ação do Procon-MS em postos de combustíveis força redução dos preços
Cidade
Temendo crise de pandemia, Blues Bar vende créditos antecipados para clientes

Mais Lidas

Polícia
Dupla em motocicleta mata dois a tiros em bar e foge
Economia
Guedes quer congelar salários de servidores por dois anos
Geral
Após esposa cometer suicídio, homem toma veneno e morre
Polícia
Motociclista morre ao colidir de frente com trator na MS-170