Menu
Busca quinta, 11 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
TJMS Agosto 22
Cidade

Procon-MS notifica companhias aéreas e pede explicação sobre voos cancelados

O cancelamento ocorreu devido ao aumento no número de casos de covid e influenza nas tripulações

14 janeiro 2022 - 15h29Taynara Menezes

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) está investigando e buscando explicações das companhias aéreas Gol, Azul e Latam a respeito dos cancelamentos de voos devido ao aumento no número de casos de Covid-19 e influenza nas tripulações.

Na notificação, o órgão questiona a quantidade de voos cancelados desde dezembro de 2021, afetando diversos passageiros e interroga quais medidas foram tomadas para minimizar essa situação. Outra questão levantada no documento é com qual antecedência os passageiros tem sido informados dos cancelamentos dos voos, se estão recebendo assistência material e quantos passageiros optaram pelo reembolso ou pela realocação em outro voo.

As empresas aéreas deverão informar a quantidade de funcionários diagnosticados com Covid-19, com a função e qual o impacto nos voos. Além, de ter que informar o número de funcionários vacinados contra Covid e influenza, assim como se há exigência de uso de máscaras, quais são as medidas de biossegurança adotadas e existe testagem contínua dos funcionários e se é adotada escala subsidiária para a tripulação.

Consumidor

O Procon-MS recomendou que sejam adotadas as medidas previstas no Código de Defesa do Consumidor, como a divulgação de forma ostensiva, clara e adequada acerca das alterações de voos e cancelamentos. Também de prestar a devida assistência material aos passageiros, nos casos de atraso, cancelamento de voo, interrupção de serviço ou preterição de passageiro.

Também foi exigido que as companhias comuniquem ao consumidor, a partir do cancelamento dos voos, as alternativas de reacomodação, reembolso e execução do serviço por outra modalidade de transporte, devendo a escolha ser do passageiro. Nos casos em que o consumidor optar pelo reembolso do valor da passagem, a restituição deve ocorrer dentro do prazo estabelecido da resolução nº 400/2016 da Anac.

Por último, o órgão recomenda a criação de meios eficientes de revezamento subsidiário da tripulação, com reserva de segurança, assegurando a manutenção dos serviços de transporte aéreo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Rui Barbosa com a Avenida Fernando Corrêa da Costa fica fechada para obras
Cidade
Campo Grande irá lançar estratégia inédita no combate ao Aedes aegypti
Cidade
Confira aqui oportunidades de emprego na Capital
Cidade
Recapeamento em trecho da Rui Barbosa é retomado nesta quarta-feira
Cidade
Mais de 1,5 mil vagas de emprego estão disponíveis em Campo Grande
Cidade
Em nota, Santa Casa anuncia retorno gradativo de suas atividades
Cidade
Procurando qualificação? Curso de logística está com inscrições abertas
Cidade
Família procura por pai e filho desaparecidos no Los Angeles na Capital
Cidade
A nova cara da Cidade de Deus
Cidade
Empresário Paulo Roberto Hans morre após cirurgia plástica

Mais Lidas

Polícia
Menino mata padrasto a tiros, joga corpo no rio e foge com a 'namorada' de 11 anos
Política
PSD terá mais três partidos coligados
Comportamento
JD1TV: Após três anos, Festival do Sobá volta 'com tudo' amanhã
Polícia
Fisioterapeuta para na delegacia por fazer procedimentos estéticos na Capital