Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Serviço de teleatendimento da prefeitura está suspenso até terça-feira

O serviço do 156 precisou ser suspenso para manutenção emergencial

03 dezembro 2018 - 16h13Da redação com informações da assessoria

A Prefeitura de Campo Grande suspende os serviços de teleatendimento do 156, a partir das 14h40 desta segunda-feira (3), até terça-feira (4), às 12 horas.

A suspensão se deve à manutenção emergencial no prédio, que está apresentando problemas de infiltração. Os proprietários já foram comunicados e se comprometeram em solucionar o problema.

A Prefeitura assumiu a gestão do teleatendimento há um mês, quando o serviço passou a ser realizado por servidores públicos municipais contratados por meio de processo seletivo.

156

Através do serviço de teleatendimento 156, a população pode fazer sugestões, denúncia, reclamações e até agendamentos de serviços prestados pela Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Carteira Digital de Trânsito já está disponível para pagar multas com desconto no aplicativo
Cidade
AJUDE: Após sobreviver à descarga elétrica, Rafa terá pastelada para pagar tratamento
Cidade
Detran-MS pretende zerar os pátios com leilão
Cidade
Parceria entre Agehab e empresas da construção civil deve facilitar o sonho da casa própria
Cidade
Acidente entre caminhão e carreta mata uma pessoa na BR-262
Cidade
Plano de emergência tenta evitar desabastecimento em Corumbá
Cidade
Procon Estadual autua seis agências bancarias na capital
Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital
Cidade
Mais de 5 mil aulas para 1º CNH foram realizadas de forma online em MS
Cidade
Procon flagra irregularidades em revendedoras de gás de cozinha

Mais Lidas

Polícia
Vídeo: Laboratório de cocaína em Pedro Juan Caballero é descoberto
Polícia
Dois são executados a tiros por pistoleiros na fronteira
Economia
Governo anuncia Renda Cidadã, substituto do Bolsa Família
Geral
Dois locais de votação sofrem alteração na capital; confira