Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Trânsito: campanha "Volta às Aulas" começa na próxima segunda

Fiscais da Agetran devem alertar para equipamentos de segurança e infração da fila dupla

31 janeiro 2019 - 16h50Rayani Santa, Cruz com assessoria

Na próxima segunda-feira (4), ações da campanha “Volta às Aulas” serão realizadas com abordagens e orientações sobre educação no trânsito nas proximidades das escolas da capital. As atividades acontecem, principalmente, nos horários de entrada e saída dos alunos e contam com a participação do Bpmtran, Detran/MS, Agetran, Polícia Municipal, Gabinete de Gestão Integrada do Vida no trânsito (GGIT) e Polícia Civil.

De acordo com a programação, a campanha terá início com as escolas particulares que começam às aulas na segunda-feira (4). Na quinta-feira (7), as ações prosseguem nas escolas municipais quando começam as atividades escolares e no dia 18  será a vez das escolas estaduais. 

A campanha educativa usará recursos como teatro e abordagem educativa na porta das escolas, com a participação do grupo Chico Maria. Para a chefe da Educação para o Trânsito da Agetran, Ivanise Rotta, a intenção é chamar a atenção dos pais e responsáveis para o cumprimento de regras básicas de educação no trânsito. “É sempre possível resolver parte do conflito no trânsito em frente das escolas a partir do momento que a consciência de cada um faça cumprir as regras que geram um trânsito seguro”, destacou.

Fila dupla

Ivanise avalia que a orientação é a mesma, mas infelizmente, as infrações persistem. Ela orienta que os pais busquem um local para estacionar o veículo e desembarcar ou embarcar os alunos de forma segura, evitando a fila dupla. 

Outro ponto importante será a observação do uso de equipamentos como cadeirinha, capacete e cinto de segurança, não só no banco do carona, mas também no banco traseiro.

Faixa de pedestre

O alerta  da campanha é para a travessia na faixa de pedestre e o cuidado para caminhar  em linha reta, com passos firmes e atenção.  “Tem pessoas que atravessam a rua distraídas, outras falando ao celular, um comportamento perigoso que pode levar a um atropelamento”, observa Ivanise Rotta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Festas e procissões interditam diversas ruas neste sábado; confira
Cidade
Com obras 94% concluídas, 14 de Julho está recebendo "toques finais"
Cidade
CDL CG alerta para possível golpe
Cidade
Detran e Polícia Civil são órgãos atingidos por sistema do governo fora do ar
Cidade
Procon autua Carrefour por irregularidades encontradas
Cidade
Saiba o que abre e fecha no feriadão em Campo Grande
Cidade
Procon autua Riachuelo por induzir cliente ao erro
Cidade
Marquinhos e Logen firmam parceria pela "Cidade do Natal"
Cidade
Feriadão terá lago do Parque das Nações cheio novamente
Cidade
Projeto que prevê 120 novos empregos é aprovado na capital

Mais Lidas

Polícia
Jaime Valler estava na lista da milícia para morrer
Geral
Pai encontra filho morto, enforcado com fio de nylon
Polícia
Adolescentes são apreendidos por necrofilia com cadáver de idosa
Polícia
Bêbado, motorista atropela e mata garoto de 15 anos na capital