Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Prefeitura Refiz junho21
Cidade

Tristeza é unânime entre artistas que levaram alegria ao Sesc Morada

Cantores relatam experiência no espaço que irá fechar as portas definitivamente

31 maio 2021 - 17h51Brenda Assis

O Sesc de Mato Grosso do Sul informou que vai devolver a administração do prédio histórico da Morada dos Baís à prefeitura de Campo Grande a partir 18 de junho de 2021, após seis anos de atividade dando espaço para artistas locais. O JD1 Notícias, conversou com alguns cantores e cantoras para falar sobre o fechamento e a palavra mais ouvida foi "tristeza".

A cantora Juci Ibanez, que gravou seu primeiro DVD no espaço, disse que é uma perda muito grande para a cultura local. "É triste ver mais um espaço fechando. Infelizmente é mais um luto pra cultura", diz ela. "Era um local pra encontrar amigos, o público era caloroso e receptivo. Eu venho acompanhando o projeto desde o seu início, não apenas ali na Morada dos Baís, então pra mim tudo isso é muito difícil", finaliza.

A cantora sertaneja, Patrícia, dupla com Adriana, contou sobre sua experiência e das lembranças. "Não me recordo a data, mas eu e a Adriana fizemos um dos primeiros shows de sertanejo lá. Lembro que me emocionei muito quando começamos a cantar "aprendi a esperar", porque eu pedi pra que todos ligassem a luz do celular e ouvir todo mundo cantando junto a nossa música foi muito lindo", conta. "Fiquei triste ao saber que ia fechar, sabemos que o momento é complicado, afinal estamos passando por uma pandemia, espero que não seja para sempre e que algum dia possamos ver o esforço aberto de novo. Lá não era só um local pra fazer show, gostava de ir pra encontrar amigos, conversar e prestigiar outros cantores".

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Patri?cia & Adriana (@patriciaeadrianaoficial)

 

"Já chorei muito vendo as notícias que me mandaram falando sobre isso", falou o cantor Chicão Castro. "Eu tive a oportunidade de viajar pais com o projeto Estação Luz, mas a melhor energia que eu senti foi lá no Sesc Morada dos Baís. Eu sentia que podia me conectar com o público e ver a casa lotada, os amigos, me deixava extremante alegre. Campo Grande perde muito com o fechamento de um lugar democrático, aberto para todas as classes, falo isso porque tem pessoas que nunca conseguiram me ver tocar em locais que cobrava o ‘cover’, mas na Moradas eles podiam assistir. Então é triste que isso esteja acontecendo”, explica o cantor.

Parceiro de projeto com Chicão, o artista Gustavo Vargas falou sobre a importância do Sesc Morada para a cultura da Capital. “Ele um dos mais importantes pontos de agregação cultural aqui em Campo Grande. Estamos passando por uma situação difícil de pandemia, infelizmente ficamos de mãos atadas e nos resta lamentar”, conta. “O projeto Estação Luz me deu a melhor lembrança no local. Lotamos pela primeira vez a casa com três mil pessoas. O palco que está lá hoje, foi um presente dado pra nossa gravação de DVD e acabou ficando pra casa. É o tipo de coisa que marcou a minha carreira”.

Marta Cel, ou Martinha como é conhecida pelos amigos, falou sobre o impacto que o fechamento de um espaço tão abrangente pode causar na cultura. “Era um espaço, onde nós, principalmente da música, podíamos nos reunir e o público era muito positivo, dava pra ver que as pessoas que frequentavam o local tinham amor pela música, pela arte. Não era um espaço apenas musical, já tiveram encontros de literatura, teatro. Era um espaço mágico”, compartilhou ela com o JD1 Notícias. Marta ainda falou de sua melhor lembrança na casa, “o primeiro show que eu fiz da noite foi no Sesc Morada dos Baís, isso sem contar barzinho e apresentações pequenas, lá realmente foi um show e não apenas uma apresentação. Receber a notícia do fechamento não afeta apenas artistas, mas também os apreciadores da cultura”.

O fechamento - Após uma reunião entre representantes do Sesc e a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo no último dia 18 de maio, a decisão foi comunicada ao público durante o final de semana. O motivo dado é que a pandemia do coronavírus, trouxe obstáculos como “à realização de eventos destinados à participação do público nos locais em que há concentração de pessoas, impossibilitando o desenvolvimento das ações de cultura propostas para a Morada dos Baís”.

A devolução para a Prefeitura Municipal de Campo Grande acontece no dia 18 de junho de 2021. O espaço recebeu diversos investimentos no decorrer da parceria com a prefeitura. Foram mais de 900 apresentações realizadas no espaço, para mais de 300 mil pessoas presentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Após Marquinhos, prefeito de Três Lagoas também flexibiliza medidas
Cidade
Na sinceridade, Magno pede dinheiro para pinga, mas sonha com vida longe do vício
Cidade
Prefeitura continua drenagem na Rui Barbosa; Confira rota dos ônibus
Cidade
Marquinhos autoriza comércio a operar
Cidade
Unidades tem novo horário para realização de testes RT-PCR; veja a escala
Cidade
Passageiros reclamam de atrasos e terminais lotados
Cidade
Restaurantes não abrem, mas podem vender bebidas
Cidade
Restrições começam hoje
Cidade
Estado analisa se mantém restaurantes abertos
Geral
Dia dos Namorados: algumas opções para aproveitar a data em Campo Grande

Mais Lidas

Cidade
Marquinhos autoriza comércio a operar
Geral
AO VIVO: Motorista é preso após tombar caminhão ao lado do Damha
Brasil
Criança morre após ser picada por escorpião
Geral
Governo manda prefeitos "assumirem seus atos"