Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Reformas de postos e escolas da capital custarão R$ 7,9 mi

A construção de pontes e conclusão de terminal também estão previstos em planejamentos da prefeitura

09 fevereiro 2019 - 13h46Rayani Santa Cruz, com assessoria

No primeiro trimestre do ano, 14  frentes de obras serão iniciadas em Campo Grande. Com investimento de quase R$ 8 milhões (R$ 7.954.523,98), e ordens de serviço para reforma de cinco unidades básicas de saúde, três escolas e reforma da Escola de Governo já assinadas, a previsão é de que mais obras sejam elencadas.

De acordo informações da prefeitura, o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, assinou as primeiras ordens e no pacote estão incluídas a construção de sete pontes na zona rural e execuções de serviços complementares do terminal intermodal.

Na área de saúde serão investidos R$ 729,9 mil na reforma das Unidades Básicas de Saúde do Serradinho, Jardim Itália  e dos conjuntos habitacionais  Iracy Coelho, Cohab e Maria Aparecida Pedrossian. 

Com investimento total de R$ 868.173,55 serão reformadas as escolas municipais  Antônio José Paniago,  Arlindo Lima e na Danda Nunes,  onde as obras custarão R$ 562.53,57.  

A Escola Antonio José Paniago, no Jardim Itamaracá,  com 1.200 alunos, receberá a primeira reforma praticamente deste sua fundação, em 1986. Ao longo destes 32 anos de funcionamento,  só recebeu de melhoramento, a pintura do prédio em 2005. Além de revisão geral das instalações elétricas e hidráulicas, com investimento de R$ 175.206,95 serão reconstruídas três salas de aula destruídas num incêndio .

Será programada a revitalização das instalações do Horto Florestal onde funcionava um centro de convivência. O espaço será reformado e readequados para abrigar um refeitório, sala de gastronomia, além de espaço para a Secretaria de Assistência Social promover cursos e oficinas. No Horto as obras custarão R$ 623.885,18.

A construção de pontes terá um investimento de R$ 449.213,46. São  duas pontes  sobre o Rio Anhandui,  uma na divisa com o município de Nova Alvorada do Sul,  com 60 metros,  estratégica para o escoamento da produção de soja e cana de açúcar e outra, na estrada vicinal de  acesso à Escola Municipal 8 de Dezembro e a MS-040. O pacote inclui também pontes sobre o Córrego Água Limpa (que garante a passagem do transporte dos alunos da Escola Onira). Na região do Aguão será construída uma nova ponte sobre o Córrego Ceroula (divida com Terenos); duas no córrego Buriti (divisa com Ribas do Rio Pardo) e outra , no Ribeirão da Lontra.

Pacote de obras

Reforma de 5  Unidades Básicas  – R$ 729.915,89
Serradinho –  Iracy Coelho – Cohab- Jardim Itália e Maria Aparecida
Reforma de Escolas – R$ 868.173,55
Escolas  Antônio José Paniago, Arlindo Lima e Danda Nunes
Controle de erosão no Gameleira- R$ 2.490.356,95
Reforma da Escola de Governo – R$ 1.134.576,07
Conclusão das obras do Terminal Intermodal – R$  3.313.523,36
Reforma do prédio da SAS – R$ 226.417,81
Revitalização do antigo centro de convivência do Horto  – R$ 623.885,18

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Chuvas turvam novamente rio de Jardim e Bonito
Cidade
Com suspeita de pneumonia, bebê é resgatado por helicóptero
Cidade
Terremoto sem vítimas atinge ilha nas Filipinas
Geral
Distritos de Jaraguari serão asfaltados nos próximos dias
Cidade
Em "trote", acadêmicos arrecadam doações para refugiados
Cidade
Servidores estaduais têm descontos de até 30% no comércio da capital
Cidade
Morre no Rio, aos 40 anos, MC Sapão
Cidade
Inscrições para "Corrida do Trabalhador" seguem abertas
Cidade
Obra na Bandeirantes fica pronta em até doze meses
Cidade
Empresa garante que água distribuída é saudável e de qualidade

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Jovem morre afogado em piscina do Corumbaense Futebol Clube
Saúde
Ibuprofeno e cetoprofeno podem agravar infecções
Geral
Mega acumula e poderá pagar R$ 90 milhões na quarta-feira