Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
COLUNA

Circulando com Ricardão

Ricardão

Circulando

25 janeiro 2020 - 08h00

O ano já começou, as festas acabaram e os planos e projetos estão fresquinhos ainda, então está na hora de ter atitudes e começar trabalhar. Que venha o Carnaval 2020.
Na primeira coluna do ano confira por onde os amigos da coluna estiveram circulando nas férias.
 
Klisangela Vendramin na praia da Pipa
Fefe e Bruno Pedrossian em Camburi-SP
Rene Contar e Carol Kratz em Buenos Aires
Pedro Rondon e Maria em Guarajuba-BA
Os irmãos Monica e Mariozinho Correa no LSH Lifestyle Hotel Rio
Os casais: Flavinha Frageli e Alexandre Vilhena com Guilherme Bumlai e Priscila Zanardo no Rio de Janeiro
Rubinho Filinto e família na centenária Fazenda Esperança em São Paulo
Rodriguinho Infran e Bruna com Tatiana Bazan e Bruno Infran no Bagatelle Rio de Janeiro
Andressa Trad e Murilo Oliveira com as filhas Lara e Isabelle em Fortaleza
Maria Eduarda e Robson Gatti com João Pedro no Central Park-NY
Nathalia com a filha Barbara e Leonardo Campo em Córdoba
Caio Rondon e Angelica Hammerschimitt em Jurere internacional
Thiago Correa e Fernanda Auto em Punta Cana
Rodrigo Ferzeli e Maria Carolina Cardinal em Carneiros
Rosana Pedrossian com o filhão Peter em Bolder no Colorado
 

Carnaval x Copacabana 
Se o primeiro dos 50 dias de carnaval foi assim, imagina o último? Essa é a pergunta de muitos cariocas, diante do caos em Copacabana no último dia 12, com a festa de abertura do carnaval, depois da passagem do bloco A Favorita como atração principal, que reuniu mais de 300 mil pessoas e terminou em tumulto, com relatos de ambulantes jogando garrafas de vidro nos carros da polícia, que responderam com gás de pimenta e de lacrimogêneo.  
Segundo Roberto Motta, assessor especial do governador Wilson Witzel, “A Favorita deve ir para o Centro, para Jacarepaguá ou, na falta de uma outra opção, para o lado escuro da lua. Lucro privado, prejuízo público. Esse bloco tinha que pagar por todo o policiamento e ser dissolvido”. 
Contudo, os moradores dos bairros merecem respeito e poder ter uma vida normal, especialmente se o carnaval durar 50 dias!
Carnaval, sim, com democracia, por favor!
   
Bloco do Copa 
O Copacabana Palace marcou para o dia 2 de fevereiro, a partir das 16h, a quarta edição do Bloco do Copa. Com ar despojado e com público predominantemente mais jovem, o evento será animado pelo grupo Último Gole, Samba de Santa Clara e Bateria Balanço Zona Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Arena Brahma
NIVER
Qual é a boa do domingão?
Marcos Henrique Derzi assume Funtrab
“Somos todos Campo Grande”