Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
COLUNA

Comportamento

Sálua Omais

Energia para recomeçar

24 janeiro 2020 - 08h28

Última semana de janeiro, e muitas pessoas se preparam para retornar às suas atividades profissionais, enquanto outras já estão trabalhando desde a primeira semana do ano. Alunos se preparam para retornar às aulas, e assim recomeçamos novamente mais uma jornada de estudo ou trabalho. Muitas expectativas são criadas no início do ano, o difícil é manter aqueles objetivos que dissemos para nós mesmos que esse ano seriam realizados e não deixar que essas expectativas sejam frustradas ao longo do tempo. Então o que poderíamos fazer para não desistir no meio do caminho?

O principal cuidado agora no início, é não ir com ‘’muita sede ao pote’’. É melhor se preocupar com a frequência do que com a quantidade. Sim, é difícil mesmo controlar a ansiedade, pois queremos compensar o tempo que perdemos e resolver tudo logo e rápido. Mas, com algumas exceções, a maioria das metas sólidas precisam de rotina, hábito, constância, mais do que intensidade. Também é importante tomar cuidado com coisas que sugam ou esgotam nossa energia ao longo do tempo, como por exemplo, se concentrar em coisas que não podemos controlar, sentimentos de desamparo, de desesperança ou apegar-se demais à expectativas desproporcionais àquilo que estamos aptos no momento a alcançar, ou ainda, expectativas com relação ao que se espera que outras pessoas façam por nós.

Outro erro é a mania de querer ser autossuficiente, autodidata, ou de alguma forma pensar que dá para ‘’fazer tudo sozinho’’, sem precisar pedir ajuda de alguém, ou de um profissional, ou de qualquer outra pessoa. A independência e a autonomia são qualidades nobres sem dúvida, mas não dá para ser assim em todas as situações de vida, e é possível que as pessoas pensem que você se é arrogante ou distante, quando não queremos pedir ajuda ou opinião.

Ter cuidado com os pensamentos também é importante, pois tendo em vista que nem todas as pessoas conseguem fazer um controle de qualidade dos próprios pensamentos, existe uma forte tendência ao desânimo e à autossabotagem. Pensamentos que ativam emoções positivas podem energizar a mente, porém, para isso, é preciso ter um trabalho de longo profissional  para estimular a autopercepção e a mudança de paradigmas.

O ideal nesse momento de recomeço, é iniciar por autorreflexões e planejamentos realistas, graduais, alinhados aos valores que mais são importantes na vida de cada um, e às habilidades naturais, aquelas que são possíveis de serem feitas com menos resistência. Autocompaixão também é fundamental, para lidar com os deslizes e imperfeições das coisas que estamos nos propondo a fazer, típicas do início de qualquer jornada. E, por fim, aliar tudo isso a atividades que gerem um humor mais positivo, tranquilidade, criatividade e inspiração, elevam as chances de construir novos hábitos e rotinas.

Sálua Omais é Psicóloga e Palestrante, Doutoranda e Mestre em Psicologia da Saúde e Saúde Mental, Master Coach e Master Trainer em Psicologia Positiva, Neurossemântica e PNL. É titular do site www.psicotrainer.com.br onde escreve artigos diversos sobre Psicologia Positiva, Coaching e Inteligência Emocional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTUIÇÃO – PODEMOS OU NÃO ACREDITAR NELA?
Energia para recomeçar
INTELIGENCIA ESPIRITUAL - A FORÇA DA VIDA
COMPRAS DE FIM DE ANO: COMO CONTROLAR OS EXCESSOS?
RESPEITO: COM O QUE E PARA QUEM?