Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 02
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Cenários da esquerda

08 julho 2020 - 07h11

Até as paredes do Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão, sabem que o governador Flávio Dino (PCdoB) tenta viabilizar sua candidatura à Presidência em 2022 com o apoio de um petista do Sudeste – ou como vice de Fernando Haddad, a aposta inevitável de Lula da Silva. Fato é que a equação para o centro-esquerda passa por uma chapa com dois nomes fortes ligando eleitorado das duas regiões. Corre por fora o PSB, sem nome desde a morte fatídica de Eduardo Campos, mas que, ao contrário do PCdoB, não quer apoio do PT e pode fechar aliança com PDT de Ciro Gomes.

Afago virtual

Dino se mexe para chamar atenção de Lula. Convidou o amigo e ex-presidente e participaram de live no último dia 29 com o tema política e críticas a Jair Bolsonaro.

Cotados

Além de Milton Ribeiro, da Mackenzie (favorito por ora), professor Ricardo Wahrendorff, da Universidade de Ken e filho de militar, também é citado para o MEC.

Em casa

O presidente da FUNAI, delegado Marcelo Xavier, está em casa com suspeita de Covid. É o contato mais arriscado da Esplanada, em se tratando da agenda semanal com índios – muitos residem distante de hospitais e postos de saúde.

Enlameada

A Vale S.A. procrastinou e negou o quanto pode, mas Justiça deu ganho de causa a  operário que sobreviveu ao crime do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Vai receber R$ 100 mil de indenização. Sobrevivente também merece respeito, como os quase 300 mortos. Foi a decisão da juíza Renata Lopes Vale, titular da 5ª Vara do Trabalho de Betim.

Do coldre

Uma grande manifestação Pró-Armas acontece nesta quinta-feira em Brasília, na Esplanada, a contar pela mobilização online. Tem ônibus vindo de capitais do Centro-Oeste e Sudeste. E clubes de tiro apoiando oficialmente. Mas avisam para ninguém levar arma. A ideia é desmitificar visão distorcida sobre posse e porte, garantem.

Aí não vale

O presidente da República leu, não gostou, claro, e acionou a AGU para interpelar o jornalista Hélio Schwartsman pelo artigo de na Folha online com o título “Por que torço para que Bolsonaro morra”.

Bronca geral

O Comando das Três Forças mandou a bronca e, até ontem, quase 25 mil dos 37 mil militares que receberam Auxílio Emergencial irregularmente devolveram o dinheiro.

Perigo !

Farmácias de Brasília estão vendendo a R$ 27 a caixinha de Ivermechtina, sem prescrição médica, de combate a piolhos, que muita gente está tomando contra Covid-19

Cadê as outras?

Só a seccional de Minas Gerais da OAB apareceu como classificada na Portaria 284, do DEPEN, que listou entidades certificadas para o 3º Ciclo de Concessão do Selo Nacional de Responsabilidade Social pelo Trabalho no Sistema Prisional. É o trabalho de parceria para ressocialização de detentos. Cadê as outras 26 seccionais?

Na pista

A ANP constatou que a Refit já produz, há meses, a nova gasolina estabelecida pela agência como mais eficiente para automóveis. A exigência na praça será a partir do mês que vem.

Ah, Silvio..

A Liderança Capitalização, empresa do Silvio Santos que promove a Telesena, foi condenada pelo STJ a pagar indenização de R$ 60 mil a morador do Ceará que achou o prêmio de três frases iguais numa ‘raspadinha’ – seriam R$ 5 mil por mês por um ano. Só que o papel não detalhava que ele deveria confirmar a frase por telefone...

Deixe seu Comentário

Leia Também

Gás no debate
Aulas online!
Saldo no azul, dados no vermelho
Reza & urna
Correção de rumo