Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Corte no APB

18 junho 2020 - 07h00

Foi cirúrgico – e também polêmico – o cerco oficial do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, nos mandados de busca e apreensão nas residências e empresas dos empresários financiadores de projetos bolsonaristas. Moraes estancou o financiamento da criação do Aliança pelo Brasil (APB), o partido pelo qual o presidente Jair Bolsonaro pode tentar se reeleger em 2022. Luciano Hang, da Havan, e o advogado Luis Felipe Belomonte, dois dos principais alvos da Polícia Federal nas últimas operações, são os principais apoiadores em estrutura e financiamento para a concretização do novo partido. O APB está cambaleando.

Pulando

Em contato com a Coluna há semanas, Belmonte adiantara que já dera sua cota de contribuição para o APB no apoio à coleta nacional de assinaturas.

Voo

Belmonte tateia a política de forma que conota a aliados estar se afastando há meses do projeto do APB, para outro voo solo. Mas continuará aliado de Bolsonaro.

Parabéns

Digna de aplauso a discrição da ministra Rosa Weber em tempos de pavonice dos pares na Corte Suprema. Manifesta-se nos autos e votos, e só. É o que se espera dos togados.

Missão Europa

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, adiantou para a Coluna o planejamento da Missão Europa, período de treinamentos para atletas em países europeus entre julho e dezembro. É a primeira mobilização para a volta aos treinos, com segurança, dos classificados ou em vias de classificação para os Jogos de Tóquio.

Passagem na mão

 

Os Jogos de Tóquio, como notório, foram adiados para 2021. Neste semestre, 207 atletas de 15 modalidades (11 Confederações) vão treinar. Uma das primeiras modalidades a embarcar, nas próximas semanas, será o judô: 28 vão para Coimbra, em Portugal. Em breve, o Boxe, que prevê delegação de 22 lutadores. Ainda entre os maiores contingentes estão a Natação (22) e o Atletismo (29).

Peso Zema

Henrique Abi-Ackel, 38 anos, novo desembargador do TJMG na vaga destinada ao Quinto, dos advogados, ficou em último lugar na lista sêxtupla enviada em março ao tribunal, com 30 votos. Após campanha, subiu para a lista tríplice, e ganhou a confiança do governador Romeu Zema, que o escolheu anteontem. 

Correio$

De estatal deficitária durante anos, os Correios passaram a ficar no azul neste Governo. Seu presidente, Floriano Peixoto, apresentou lucro líquido de R$ 102 milhões.

Cela & Covid

A coisa anda feia entre grades. O sistema penitenciário do DF, dos maiores do País, deve registrar mil contaminados por coronavírus esta semana. E não é o único.

Vigilância (sanitária)

O cenário fez a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF dar um freio na parceria com órgãos estatais para emprego de mão de obra de detentos em regime semi-aberto – que, claro, passam diariamente por todos os testes. Os de regime aberto ainda atuam em alguns locais, sob forte e diária vigilância sanitária.

Rio - SP

A turma da Prefeitura de São Vicente, litoral paulista, viajou longe para encontrar especialistas em hospital de campanha. Vai pagar R$ 5,2 milhões, dispensa de licitação, para contratar a Associação das Crianças Excepcionais de Nova Iguaçu, Baixada fluminense, que construirá hospital de campanha e vai tratar contaminados por Covid.

Caixa sofre

A Caixa, responsável em todo o País pelo pagamento do auxílio emergencial – pode chegar a 100 milhões de atendimentos! – sofre para dar conta do recado. Segundo a federação de seus funcionários, perdeu 20 mil empregados nos últimos anos. Eram 101 mil, e hoje são 84 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

El juez x el Chef
Cenários da esquerda
Fora de combate
Prospecção
Desencontro na Tributária