Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Maioria apoia condenação de Lula

22 fevereiro 2021 - 07h15

Uma sondagem nacional da Paraná Pesquisas exclusiva para a Coluna revela que a maioria da população brasileira concorda com a condenação judicial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do tríplex do Guarujá, que o tirou das eleições presidenciais em 2018 e o matém ficha-suja. Entre os ouvidos, 57% consideram justa a condenação, 37,6% injusta – e 5,4% não opinaram. Entre os jovens de 16 anos e adultos até 44 anos, o índice similiar foi maior, chegou a 59% a favor da condenação. O Supremo Tribunal Federal incluirá em breve na pauta do plenário a ação da defesa do líder político, que pede anulação da condenação baseada na suspeição do então juiz federal  Sérgio Moro.

Radiografia popular

Na região Nordeste, onde o petista é forte eleitoralmente, houve empate em 47% entre contra e a favor. As maiores discrepâncias foram nas regiões Sul (63,8% a favor da condenação, 30,1% contra) e Norte/Centro-Oeste (61,5% a favor, 33,5% contra).

Em queda

Um dado curioso é o que aponta que Lula vem perdendo apoio da população de baixa renda. A Paraná ouviu 2.264 pessoas por telefone em 200 cidades de todos os Estados, entre os dias 16 e 19 de fevereiro. Mais detalhes no portal da Coluna.

Quem demitiu

A decisão de expulsar o deputado federal Daniel Silveira (RJ) do PSL partiu principalmente do advogado do partido e vice-presidente, Antônio Rueda, que não quer se indispor com minsitros do STF e TSE.

Bala na agulha

Eram 5h45 da manhã quando um concurseiro soltou um berro no Aeroporto de Cumbica e fez o salão de embarque, lotado, cair em choro e revolta ontem pela manhã. Provenientes de variados voos de diferentes capitais, a turma iria para Curitiba, para a prova da Polícia Civil, que abriria 400 vagas para delegado, escrivão e papiloscopista. O grito foi o anúncio do cancelamento da prova.

Balela 1

A FUNPAR/ UFPR, organizadora do concurso para mais de 100 mil inscritos, de todo o País, emitiu um comunicado às 5h42 da madrugada de ontem (isso mesmo) alegando que “após checagem na madrugada” constatou que nenhuma das instalações para aplicação das provas estava adequada diante da pandemia do Covid-19.

Balela 2

A balela revoltou os concursados, e a organizadora pode esperar enxurrada de ações na área cível. Bastidores dão conta de que a banca não conseguiu dar conta do trabalho, como contratar fiscais suficientes e cuidar da logística de entrega e coleta das provas. Um contrato de realização de um concurso do porte passa dos sete dígitos de lucro.

Fora da curva

Três deputados do PDT e quatro do PSB, partidos de oposição, votaram contra a prisão do bolsonarista Silveira decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. O partido Novo, o Novo.. também foi pró-Silveira.

Dois pesos.. 

Ao passo que em Curitiba, o procurador Deltan Dellagnol saiu ofuscado com o encerramento da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro o produrador-chefe Eduardo El Hage já foi alçado ao cargo de chefe do novo Gaeco.

.. duas medidas

Mas a rádio corredor das bancas espalha que no ‘caso Nythalmar’, o prodígio advogado que atuou na Lava Jato Rio, há troca de mensagens no mínimo curiosas entre El Hage e o advogado, além de mensagens a serem questionadas no material da Operação Spoofing. A troca de mensagens envolve também o juiz Marcelo Bretas.

MERCADO

Na garagem

Jorge Sampaoli, o técnico hermano que se despede do Atlético Mineiro, colocou à venda sua Range Rover blindada por R$ 419 mil.

Banca digital

Mais um grande jornal vai migrar para o digital, seguindo tendência da comunicação no mercado. O Diário do Nordeste, de Fortaleza, após 39 anos de impresso.

ESPLANADEIRA

# Procon-SP e Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais debatem hoje sobre implementação da Lei Geral de Proteção de Dados. # 5àsec anuncia novo modelo de negócio, o HUB. # Sem Parar anuncia o PIX como nova opção de pagamento. # O Instituto Democracia e Sustentabilidade promove quarta-feira, das 10h às 11h30, na 1ª Roda de Conversa com Jornalistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Olho na vaga
Caixa vazio
Dedo na tomada
Esqueceram de mim
2020 não acabou