Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

PT x PT

30 julho 2020 - 07h09

Está na fila da pauta da Executiva nacional do PT julgamento de recurso do diretório municipal do Recife, que pede a nulidade da pré-candidatura da deputada federal Marília Arraes – neta do saudoso Miguel Arraes – à Prefeitura. É o primeiro caso regional que pode abrir precedente para outras articulações em capitais. Ela é a preferida de Lula da Silva na disputa, mas a indicação mexeu no vespeiro recifense do partido, contrariando o projeto eleitoral do senador Humberto Costa, que manda na legenda ali e tem aliança com o PSB. Em decisão recente, 85% dos delegados do diretório rechaçaram candidatura de Marília. Dirigentes argumentam que o partido está desmobilizado e sem estrutura para campanha.

Frevo descompasso

O ex-presidente do diretório estadual e hoje secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, diz que Marília demonstrou imaturidade ao constranger o Humberto Costa e convidá-lo, pela imprensa, para coordenar sua campanha.

A conferir

Em nota, a assessoria de Marília afirma que “decisão da Executiva Nacional foi tomada e divulgada por meio de resolução” em março. Lembra ainda que recentemente a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, ressaltou que a Executiva está com Marília.

Urna$

A brasileira Positivo, fabricante de computadores e softwares, vendeu para o TSE 180 mil urnas eletrônicas para a eleição de 2022; e vai embolsar R$ 800 milhões.

Modelo brazuca

É consenso na Corte que as 470 mil urnas atuais estão aptas a atender as eleições municipais deste ano – e parte delas, substituídas, pode ser vendida a outros países.

Calma, gente

Os fiscais da Vigilância Sanitária da cidade do Rio de Janeiro estão eufóricos com o bloquinho na mão em tempos de pandemia. Relatos de empresários multados em R$ 150 indicam que exageram na fiscalização. Tem dono de estabelecimento que foi autuado porque o cesto de lixo seco não tinha tampa; e o álcool gel, segundo os fiscais, têm de ter no máximo uma semana de uso. Tivemos acesso a duas multas e a três testemunhos de diferentes comércios autuados.

Justiça

A pedido do MPF, a Justiça Federal arquivou o inquérito da Polícia Federal contra o ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel, a esposa Carolina Oliveira e o jornalista e consultor Mário Rosa. Eram investigados por lavagem de dinheiro e ocultação de bens, mas os promotores só encontraram boatos.

Justiça 2

Mário Rosa é pioneiro e um dos mais requisitados consultores de mídia do País. Depois que a PF bateu à sua porta em Brasília (para surpresa geral), ele escreveu um livro em sua defesa. E ontem saboreou a demorada justiça dos fatos.

Cobras..

A AGU conseguiu na Justiça o afastamento de uma servidora do Ibama, em Brasília, suspeita de tráfico de animais silvestres. É que o instituto apenas abriu procedimento administrativo, e ela continuava no cargo, apesar das evidências de sua participação no caso, segundo o inquérito policial no episódio da ‘cobra naja’.

..e ‘gaiolas’

Pedro Krambeck, o estudante de veterinária preso pela Polícia Civil ontem, dono da cobra traficada, não será o único a ir pra ‘gaiola’, indicam as investigações.

Haja coração

Quatro anos depois, o TST ratificou decisão do Tribunal Regional do Trabalho de Minas e mandou o BB indenizar em R$ 50 mil (reduziu o valor inicial, que era de R$ 250 mil) por ter os pais sequestrados durante assalto à agência de Três Corações.

Cony redivivo

A Letra Viva Leilões virtuais oferece preciosos lotes de parte do acervo do saudoso Carlos Heitor Cony. Tem livros de Glauber Rocha, Guimarães Rosa e Jorge Amado com dedicatórias para o mestre. Só para citar alguns exemplos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BB e o mercado
Pandemia x metas
PT x PT
Preparo psicológico
Data venia