Menu
Busca terça, 05 de julho de 2022
(67) 99647-9098
Prefeitura - Reviva Junho-julho22
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Surpresa até na PF

23 junho 2022 - 06h00

A prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro foi festejada discretamente por toda a cúpula do PT e Lula da Silva, e mobilizou, de outro lado, o staff do marketing do presidente Jair Bolsonaro durante todo o dia. A operação da Polícia Federal é considerada pelas duas campanhas um divisor de águas para a eleição. Caiu todo o discurso de Bolsonaro de que não há corrupção no Governo, enquanto o PT mandou reforçar nas redes sociais e nas próximas inserções de TV a chamada de que a corrupção voltou. Até na PF, segundo fontes ouvidas pela Coluna, a prisão do pastor ex-ministro caiu como uma bomba, porque a praxe dos juízes federais desde o início do Governo de Bolsonaro (a exemplo de gestões anteriores) era autorizar apenas apreensões contra ex-inquilinos da Esplanada. E tem mais ministros com medo de deixar o Governo.

Damares e Tereza

Os palacianos acordaram com uma bomba no colo ontem, mas foram dormir com um problema para resolver. O satff presidencial que cuida da campanha dá como incerta a indicação do general Braga Netto para vice de Bolsonaro. Cresceu a cotação de Damares Alves, apadrinhada pela bancada evangélica, e a deputada federal Tereza Cristina, ex-ministra da Agricultura, apadrinhada pela bancada do agro. Bolsonaro já acredita que ter uma mulher de vice pode chamar o voto feminino – público com o qual está em baixa – e abrir front contra eventual crescimento de Simone Tebet (MDB).

Corre-corre

O nome de Caio Paes de Andrade já subiu no telhado da Petrobras. Se passar, será um dos milagres deste Governo. Embora a petroleira tenha informado que só na sexta o comitê de elegibilidade vai avaliar seu nome, a Coluna antecipou que há duas semanas o clima é ruim. Ele não teria concluído um curso de pós-graduação no exterior e não cumpre exigências da Lei 13.303, das Estatais, para experiência em gestão. Há uma orientação na empresa para blindá-lo. Mas o Governo já corre com plano B, de dentro da própria petroleira, que tenha um aceite rápido e acalme o mercado e acionistas.

Sobre viver mais

As mortes violentas de crianças e adolescentes paulistas de até 19 anos apresentaram redução de 22% em 2021, em comparação com o ano anterior. A informação está no estudo lançado pelo Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, parceria da ALESP com a UNICEF e o Governo do Estado. O relatório traz dados a partir de informações dos B.O.’s levantados pela Segurança Pública paulista.

Radiografia das pequenas

A busca das empresas por crédito registrou crescimento de 8,7% em maio deste ano, comparado com o mesmo mês de 2021, segundo o Indicador de Demanda das Empresas por Crédito da Serasa Experian. Foram as micro e pequenas empresas que impulsionaram: enquanto a procura por elas foi 9,2% maior, os negócios de médio porte registraram uma queda de 6,3% nas pesquisas, seguidos pelas grandes companhias, com 2,9% de retração.

Livros na mesa

O mercado de livros sofre um pequeno recuo em maio, mas continua em alta. Houve queda de 4,27% na venda das livrarias no mês passado, com um total de 4,16 milhões de livros vendidos, em relação a maio de 2021. O Dia das Mães ajudou a elevar o ticket médio, e a receita chegou a R$ 169,23 milhões (alta de 2,06%). Os dados são do Painel do Varejo de Livros no Brasil, produzido pelo Nielsen Bookscan e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

‘Sequestro’ de espaço
Corrupção matou Itaboraí
PRF contra Bolsonaro
Blefe de Jefferson
Lupa na mão