Menu
Busca segunda, 27 de maio de 2019
(67) 99647-9098
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Carta branca

13 março 2019 - 07h00

Em meio à articulação para consolidar a base aliada e tentar agilizar a tramitação da Reforma da Previdência, o Palácio do Planalto remeteu ao Congresso Nacional um Projeto de Lei para flexibilizar o Orçamento e dar ao ministro da Economia, Paulo Guedes, carta branca para remanejar e transferir recursos públicos. O texto do projeto foi finalizado em fevereiro, chegou ao Congresso na segunda-feira, 11, e aguarda despacho da Secretaria Legislativa antes de ser enviado à Comissão Mista de Orçamento (CMO). Em um dos trechos, o Executivo justifica a liberação de recursos orçamentários para renovar a frota de veículos blindados da Presidência da República e para a compensação de recursos à disposição de diferentes órgãos do Poder Judiciário. 

Modernização

O Planalto põe na conta do GSI o pedido de renovação da frota: “O objetivo da aludida reinclusão é viabilizar a necessária modernização da frota de automóveis de representação que serve às citadas autoridades, conforme solicitação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República”.

Bônus

O projeto, que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias aprovada em 2018, ainda prevê a liberação de mais de R$ 223 milhões para o pagamento de bônus aos peritos médicos do INSS.

Compliance

Favorito na licitação das corvetas da Marinha, um negócio de US$ 1,6 bi a ser concluído daqui a dez dias, o consórcio Águas Azuis pode se encalacrar por problemas de compliance. A alemã Thissenkrupp, líder do consórcio, foi suspensa de uma licitação de navios de guerra na própria Alemanha depois de se envolver num caso de suborno em Israel.

Caças

E sua parceira local, a Embraer, foi condenada em dezembro passado pelo juiz Sérgio Bretas, no Rio, por ter pago propina a um militar dominicano para vender caças Super Tucano àquele país.

Desastres

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, irá enviar ao Congresso Nacional um projeto para criminalizar empresas envolvidas em desastres ambientais. Proposta está sendo finalizada. Texto foi enviado ao Ministério de Minas e Energia (MME) e retornou sem alterações ao MJ na última semana.

Punição

O objetivo do ex-juiz da Lava Jato é endurecer a punição às empresas envolvidas em tragédias como, recente, o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A legislação atual é branda - restrita a sanções econômicas e multas ambientais.

 Royalties

Deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) está disposto a fazer uma devassa no uso dos royalties de petróleo e verbas federais por parte de prefeituras no Estado do Rio que não têm sido transparentes no uso dos recursos federais.

Pente-fino

Membro titular da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, Jordy vai propor um pente-fino, amparado na prerrogativa de que a comissão pode convocar prefeitos a irem a Brasília dar explicações e prestarem contas, face indícios de falta de transparência e mau uso dos royalties e outras verbas federais.

Fiscalização

Além da Comissão de Constituição e Justiça, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, irá comandar a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara. Oposição tentou ficar com o comando do colegiado para pressionar o Planalto com convocações de ministros. Saiu derrotada. O PT irá presidir as comissões de Cultura, de Direitos Humanos e Minorias e de Legislação Participativa.

Marielle 1

Após a prisão de dois ex-policiais militares envolvidos na execução da vereadora Marielle Franco (PSol-RJ), o PSol irá propor a instalação de uma CPI  na Câmara para investigar milícias.

Marielle 2

Preso na Polícia Federal de Curitiba, Lula mandou pelo ex-prefeito Fernando Haddad mensagem à família de Marielle para ser lida em homenagens que serão feitas à vereadora assassinada há um ano.

Em São Paulo

José Dirceu, que cumpre pena em liberdade, passará seu aniversário, dia 16 de março,  em São Paulo, com a mulher, Simone, a filha, Maria Antônia e os outros filhos dos casamentos anteriores. O ex-ministro de Lula passou o carnaval em Brasília.


ESPLANADEIRA

A convite de Bayard Boiteux, idealizador e organizador  do evento, a cantora Hanna fará  show em homenagem a João Gilberto,  na festa dos novos embaixadores do Rio,  dia 25 de março, no Sofitel de Ipanema.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tom conciliador
Socorro rural
Acordo evita apagão aéreo
Calote de R$ 600 bilhões
Mais fumaça !