Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
COLUNA

Em Alta com Jhoseff Bulhões

Jhoseff Bulhões

Com ator de MS, série nacional estreia na TV Cultura

19 setembro 2019 - 11h15

A reserva Jamacá, em Chapada dos Guimarães, é cenário da história de um grupo de pessoas bastante diferentes, mas que tentam viver numa comunidade alternativa. Esse é o enredo da série televisiva "Insustentáveis", que está na programação da TV Cultura dessa quinta-feira (19), vai ao ar as 01h15 pelo horário de Brasília. O ator sul-mato-grossense Tero Queiroz (Wellington) é um dos protagonistas da série de comédia com 13 episódios. Ao lado da atriz baiana, Lis Luciddi (Luiza), e dos atores (a) paulistas, Marcos Becker (Tonho), Marilia Ennes (Krishina), Lorenzo Ennes (Uirá), Cris Amaral (Aurora) e Ladislau Cardos (Caio).

Dirigida por Fernanda de Cápua (Vermelho Filmes), Jackeline Scarpelli e Perseu Azul (Produtora Cérberos), a série é uma comédia cuja preocupação ambiental não está só nos diálogos, mas no dia a dia da produção e seus impactos.

Quando gravada, em 2017 a série teve todo cuidado com o "estúdio de gravação", onde grande parte da filmagens foram realizadas, na reserva. "Insustentáveis" é a primeira série de TV que conta com uma consultoria ambiental, feita pela empresa Cinema Verde. "Uma produção audiovisual tem um impacto muito grande, produz lixo, gás carbônico. Essa produção a gente fez de uma maneira diferente, com um consumo muito menor e lá na frente haverá uma compensação desse impacto que a gente vem gerando, que é muito menor que o de uma produção normal", garante Ariene Ferreira, que é consultora da Cinema Verde e também assina a produção executiva em parceria com MylenaMandolesi.

Segundo a produtora executiva MylenaMandolesi, a série "Insustentáveis" foi viabilizada com recursos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav), da Agência Nacional de Cinema (Ancine). A produtora Cérberos Filmes, de Jaciara (MT), que foi a selecionada pelo edital, se uniu à produtora paulista Vermelho Filmes para levar à frente o projeto, iniciando os trabalhos em junho, para começar a filmar em agosto, finalizando as gravações em setembro.

A série conta a história de um grupo de amigos e familiares que decide abandonar a vida nas grandes cidades para construir uma realidade sustentável e formar uma comunidade autogerida em Chapada dos Guimarães. Com muita base teórica, mas pouca experiência prática, eles terão que aprender a dominar a natureza externa e interna: desde cultivar uma horta até controlar seus instintos mais brutos, com o intuito de tornar tolerável uma convivência social tão intensa.

O roteiro cria uma combinação de drama e humor, "Insustentáveis" acompanha o dia a dia desse grupo que tem ideias muito distintas sobre todos os assuntos que os afetam: saúde, alimentação, drogas, educação, política e economia.

Eles vão colocar em cheque suas ideologias e desejos pessoais com muito amor e bom humor para provar que a utopia é possível com algum jeitinho.

Os atores principais vieram de São Paulo, Bahia e Mato Grosso do Sul e tem primeira experiência em série de TV nesse projeto - já atuaram em teatro e cinema. "Insustentáveis" contou também conta com a participação de vários moradores de Chapada, tanto na frente como atrás das câmeras.

Além de moradores a equipe de filmagem veio de vários lugares do país, gente de Goiânia, de Campo Grande, de Mato Grosso, de São Paulo.

São 13 episódios que agora estão prontos para as tevês públicas.

(Com Assesssoria)

 

#FaleComJhoseff

jhoseffbulhoes@gmail.com 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialista explica como os influenciadores mudaram as regras do mercado publicitário
Sula Miranda realiza "Tarde de Música"
Niver Fest com Cannibals acontece em novembro na Ibiza Clube
Na estrada há 3 anos, Alê e Oziel lançam primeiro clipe musical
Bruninho e Davi encerram contrato com empresa de Eduardo Maluf