Menu
Busca sexta, 19 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
TJMS Agosto 22
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Curió e a Verdade

06 março 2013 - 08h26

Major Curió aceita depor na Comissão da Verdade
A Comissão da Verdade, instalada pela Presidência da República para apurar crimes no regime militar, começa este mês a série de audiências com militares que participaram diretamente no combate a grupos subversivos. O primeiro a ser ouvido é Sebastião Rodrigues de Moura, o Major Curió, um dos mais polêmicos personagens da ditadura. Convidado, ele aceitou depor para o grupo de trabalho em Brasília. Curió foi denunciado pelo MP Federal por sequestros e mortes de guerrilheiros no Araguaia (TO).

Currículo...
Curió mora em Brasília, tem 78 anos, e apesar do título é tenente coronel da reserva do Exército. Foi ele quem comandou o combate à Guerrilha do Araguaia nos anos 70.

... e Consequência
Ano passado, apesar da anistia ampla, a Justiça Federal do Pará acolheu ação do MPF contra Curió, por sequestro e morte de cinco guerrilheiros em 1973.

Vem mais
Mais oficiais da reserva estão dispostos a falar e agendam ida à Verdade, no CCBB. O convite a Curió, o primeiro deles, foi decidido na última reunião da comissão.

Sois Rei
O presidente do STF abriu precedente perigoso ao chamar o repórter do Estadão de “palhaço” e mandá-lo “charfudar no lixo, como faz sempre”. Em nota de desculpas, a assessoria alegou “cansaço e fortes dores”. A repercussão no Congresso foi imediata: “Será que ele estava com dores quando condenou os mensaleiros?” 

Ah, excelência..
O mau humor do ministro Barbosa contradiz, e muito, o alto astral com o qual circula por bons restaurantes da capital. Como na noite de 11 de Janeiro em mesa de happy hour com amigos no Balcony Bar, onde foi paparicado por fãs ... jornalistas.

Ossadas
A Comissão de Direitos Humanos não tem data ainda para devolver as ossadas de duas crianças encontradas junto aos ossos de 23 guerrilheiros mortos no Araguaia, guardadas em sala-cofre de hospital universitário. O caso foi revelado pela coluna.

Indigentes
A Comissão afirmou que as duas ossadas não têm ligação com os guerrilheiros, e investiga a inclusão ilegal delas na expedição de 2001 a Xambioá (PA).

Poder ‘paralelo’
Licenciado para a campanha, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) acredita que será eleito no sábado grão-mestre do Grande Oriente do Brasil da Maçonaria.

Rodando...
A intervenção do Governo do DF nas três empresas do Grupo Amaral, de transporte coletivo, começa a gerar resultados. A arrecadação diária passa dos R$ 500 mil, em dinheiro, que vai para uma conta especial aberta pelo governo.

... a roleta
E pela primeira vez em muitos anos, o GDF vai arrecadar impostos federais e distritais do Grupo Amaral não pagos. O rombo é grande. Os interventores separaram R$ 7 milhões do Orçamento para bancar as operações da empresa por três meses.

Tensão à mesa
O vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, e o secretário de Transportes, José Walter, jantaram num restaurante peruano do Lago Sul na Segunda. Com muito vinho. Ambos ameaçados de morte, reforçaram a segurança com policiais de elite à paisana.

Dois lados
O deputado Edinho Bez (PMDB-SC) assume hoje a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, e o colega João Magalhães (PMDB-MG), se nada mudar, será eleito para a Finanças e Tributação. O primeiro é ficha limpa, o segundo alvo da PF.

Agenda Segurança
A convite de Lincoln Portela (PR-MG), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, baixa na Câmara para prestigiar comissão geral sobre projetos para Segurança Nacional.

Making off
Vice de Cabral e natural candidato à sucessão no Rio, Luiz Pezão andou pelo Congresso ontem com todos os passos filmados por cameraman de sua futura equipe de campanha.

Ponto Final
Morre Hugo Chávez. Nasce outro mito?

Por Leandro Mazzini - com Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos
Brasília, Quarta-feira, 06 de Março de 2013 – nº 394

Deixe seu Comentário

Leia Também

Segurando o caixa
Perigo online
Mão amiga
Tropa de Jair
Exército pecuarista