Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
COLUNA

Mondovino

Donizetti Vicentin

Dia dos Namorados

22 junho 2017 - 04h38

Este ano, o Dia dos Namorados caíra na próxima segunda-feira, uma data bastante peculiar, já que a grande maioria dos restaurantes não trabalha neste dia da semana, mas estarão abertos para a data.

Esta data merece, como sempre, um capricho especial, faça reservas com antecedência, tanto da mesa como das bebidas, planeje, para evitar surpresas de última hora, nada mais antirromântico do que ficar esperando três horas por uma mesa.



A bebida mais tradicional para essa data são os champanhes e espumantes, não opte por nada muito doce, descubra o que a sua companhia gosta de beber, os extra bruts são muito secos com um doçura muito baixa, já os brut são um pouco mais doces, mas se você ou sua companhia querem algo mais leve sugiro os demi-sec, com uma graduação de açúcar maior, mas sem ser enjoativo.



Outra dica que eu dou hoje: prove um coquetel para começar a noite, sempre existem ótimas opções no cardápio de drinques que você talvez nunca tenha tido a curiosidade de provar.



Lembre-se de que Dia dos Namorados deve ser curtido A DOIS, nada de reservar mesa para oito nem para dez, por favor. Sair com a galera é ótimo, mas esse dia é para você e seu alguém especial. 



Dar um vinho ou algo relacionado à enologia tambem é uma charmosa opção de presente. Uma garrafa de um vinho que ele ou ela tenha comentado que quer provar, por exemplo, num linda embalagem, acessórios como abridor, bombas de vácuo e outros também são boas ideias.



Livros também agradam bastante. Alguns já são clássicos, tente descobrir se a pessoa já tem aquele livro ou se interessa pelo assunto, vai ser uma ótima surpresa.



Algumas dicas:



 - Atlas Mundial do Vinho – Jancis Robinson e Hugh Johson, 



 - Vinho e Guerra ; Os franceses, os nazistas e a batalha pelo maior tesouro da França



 - Vinhos, o essencial – José Ivan Santos



FELIZ DIA DOS NAMORADOS E BONS VINHOS A TODOS!



De seu vinho,

você quer

que me entorpeça?



Basta que me peça

que dou goles

sem pressa.



Mas te peço

em troca;

cada gole,

uma peça.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Gamay a Estrela do Beaujolais
Caríssimo Presidente
O ciclo da uva
Os aromas do vinho
Simpósio sobre clima causa apreensão