Menu
Busca sexta, 19 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Gasto com projeto de trem-bala pagaria 1,3 mil casas

05 março 2013 - 08h20

Anunciado com pompa pelo ex-presidente Lula há seis anos, o trem-bala Rio-São Paulo virou uma locomotiva  de gastos antecipados. O estudo de viabilidade de R$ 28,9 milhões para respaldar a malsucedida licitação de Maio de 2011 pagaria 1.313 casas populares do ‘Minha Casa, Minha Vida’ – ao custo básico de R$ 22 mil, cada. O projeto saiu de novo dos trilhos abstratos: O estudo milionário corre risco de ser anulado e até hoje ninguém se interessou pelo plano de parceria em Nova York e Londres.  

Pit stop
Detalhado para investidores, nenhum deles se interessou pelo projeto no roadshow de Nova York (26/2) e Londres (1º/3) promovido pelo governo.

Abafa
O evento “Brazilian Infrastructure Forum 2013” em Londres, dia 1º, contou com Luciano Coutinho (BNDES) no lugar de Guido Mantega (Fazenda).

Pedra na mão
Mantega seria o apresentador dos megaprojetos do governo para investidores, mas alvo da imprensa britânica, com pedra e gravador na mão, ele foi preservado.

Intervenção branca
Um acordo discreto na poderosa Assefaz, o plano de saúde de cinco categorias de servidores federais, manteve por ora a entidade longe da mira do MP. O novo conselho administrativo, presidido por Carlos Viriato, pressionou o presidente da Associação, Hélio Bernardes, e conseguiu a saída de Rosana Ribeiro da Superintendência-Geral.

Rombo
Operadora da gestão Bernardes, ela e o presidente ficaram na mira do conselho, que acusa gestão temerária. O novo conselho deliberativo deve fazer auditoria nas contas. Há suspeita de perdas de R$ 30 milhões apenas em 2012.

Epa...
O líder do PMDB, Eduardo Cunha, indicou pelo partido João Magalhães (MG) como novo Presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, para a eleição de Quarta. Magalhães tem bens bloqueados pela Justiça Federal por suspeita de fraudes.

... Epa
Alvo do Ministério Público, Magalhães é alvo da PF suspeito de participação no esquema de desvio de emendas descoberto na Operação João de Barro.

Oi!
Na quarta passada, Cunha defendeu no plenário outro enrolado do PMDB: Coubert Martins, que acaba de tomar posse como suplente e discursava na tribuna.

Sem medo
Colbert Martins tem circulado de cabeça erguida pela Casa. Ele foi preso na Operação Voucher, do Ministério do Turismo, e se diz inocente. Na tribuna, disse que quer ‘olhar nos olhos da Justiça e ser julgado’.

Alerta...
Os hospitais de Alagoas entraram em alerta. O estado é o que mais amputa pés de vítimas de diabetes – são mil por ano – segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, registrou o Tribuna Independente.

... dobrado
Em tempos de mundo cada dia mais virtual, outro alerta, este da Serasa Experian: a cada quase 15 segundos ocorre uma tentativa de fraude com identidades e CPFs de terceiros no País. Foram 2,14 milhões de tentativas ano passado.

Cadê?
Sumido dos holofotes desde que o Pibinho passeia pelas páginas, há dois anos, e a indústria cambaleia, o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, deu uma boa nova para Juiz de Fora: a megafábrica da Mercedes pode voltar a produzir.

Imagina a cena
Dia 1º de Março, um lavrador entrou numa delegacia de Simão Dias (SE) e denunciou sujeito que transou com sua mula. O tarado atende pelo nome de Val Aleijado.

Som na caixa
Os organizadores dos shows de Paul McCartney estão preocupados. Sem grands patrocinadores, há risco de ele ficar no alambrado. A Fiat recusou pagar R$ 5 milhões.

Ponto Final
E o governo continua a acreditar que alta de consumo é qualidade de vida.

Por Leandro Mazzini - com Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos
Brasília, Terça, 05 de Março de 2013 – nº 393

Deixe seu Comentário

Leia Também

Segurando o caixa
Perigo online
Mão amiga
Tropa de Jair
Exército pecuarista