Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
COLUNA

Mondovino

Donizetti Vicentin

Maître / Sommelier

08 agosto 2017 - 09h14

Maître, essa palavra diferente que muitas pessoas não conhecem, bem, vamos ver o que faz realmente esse profissional. Maître é uma palavra que vem do francês e significa CHEFE, é ele quem dirige os serviços do restaurante. Na minha opinião, um bom maître é, na verdade, uma mistura de maestro, pois deve reger todo o trabalho do atendimento, da atenção, do carinho com o cliente, dos tempos de chegadas dos pratos à mesa etc, e juiz de futebol, pois esses profissionais são bons na medida em que o seu trabalho é discreto.

Numa época como a de hoje, em que tudo é feito às pressas, e , estamos sempre agitados, com mil coisas na cabeça, é de se notar, ou deveria ser, o trabalho de um bom maître. Logo da recepção, o cordial bom-dia ou boa-noite, o sorriso, a gentileza com que ele conduz os clientes às mesas, o puxar de cadeiras para as senhoras, o apresentar do cardápio do restaurante ou as sugestões do chef, tudo bem claro e bem explicado, com calma e atenção a cada detalhe.

O anotar os pedidos com exatidão, se o maître também for sommelier (como é o meu caso) aí se torna uma experiência ainda mais interessante, pois além de ter ajudado na elaboração do cardápio o maître/sommelier também elaborou, escolheu e redigiu pessoalmente a carta de vinhos e sabe quais harmonizam-se melhor com o prato escolhido.

Podemos dizer que é uma arte ser um bom maître, pois além de tudo a experiencia é o que mais conta numa função tão difícil e prazerosa, requer bastante concentração, constante aprimoramento e estudo, pois um maître deve, por obrigação, ser o mais culto e informado possível, pois ele é o cartão de visitas do local onde trabalha, deve estar sempre preparado para receber os vários tipos de clientes do estabelecimento, mas talvez a principal característica de um bom maître seja a simpatia e o prazer que demonstra na função que exerce.

No caso de também ser sommelier, a quantidade de estudos deve ser maior ainda, pois muitos clientes apreciadores de vinho gostam de conversar sobre o assunto; o profissional deve estar sempre bem informado sobre o que está acontecendo no mundo do vinho, novidades, novas fronteiras, novas técnicas de produção, safras etc, enfim, tudo deste dinâmico universo da vitivinicultura, tudo isso mantendo a discrição e a sensibilidade de não atrapalhar o almoço ou jantar dos clientes. 



BONS VINHOS A TODOS



‘’Se o vinho cura as dores do corpo e da alma, uma boa taça de vinho ao dia, deveria nos tornar imortais”

Moacir Ayres


Deixe seu Comentário

Leia Também

Gamay a Estrela do Beaujolais
Caríssimo Presidente
O ciclo da uva
Os aromas do vinho
Simpósio sobre clima causa apreensão