Menu
Busca sexta, 19 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
COLUNA

Esplanada

Leandro Mazzini

Perigo no elevador

01 março 2013 - 08h21

Pode acontecer em qualquer lugar, então os políticos redobram a atenção nos elevadores da Câmara. A deputada cadeirante Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) quase morreu ao se acidentar no final de Dezembro. Ela faz tratamento intensivo na rede Sarah, em Brasília, e na Quarta-feira engessou uma perna. A parlamentar despencou de uma altura de dois metros no fosso do elevador de sua casa em Maceió, ao entrar sozinha e de costas sem perceber que o elevador não estava no andar.

Da cama
Rosinha da Adefal fraturou uma perna e um dedo. Apesar de faltar às sessões, tem despachado de casa. A Câmara possui três deputados cadeirantes.

Dilma 2014
A presidente dá seguimento à agenda de conversa com patrocinadores para as eleições. Ontem recebeu Joesley Batista, do Grupo JBS – que tem o BNDES como sócio.

Na mira
A Polícia Legislativa das duas Casas no Congresso está de olho num agitador ligado à deputada Érika Kokay (PT-DF). É um conhecido causador de tumultos.

Batom... 
A bancada feminina, com 45 deputadas, quer mais representatividade. Ganhou do presidente Henrique Alves (PMDB-RN) a Secretaria da Mulher. Em reunião na Quarta, decidiram cobrar vaga na Mesa Diretora – o que mexeria com a tradicional divisão pela proporcionalidade de partidos. Aí está o problema: Não existe um Partido Feminino.

...no Poder
A solução para o grupo foi posta: a responsável pela secretaria da Mulher terá assento na reunião da Mesa Diretora, mas sem direito a voto. Elas não se deram por convencidas. À frente do grupo está Janete Pietá.

Banquetes virão
Foi animado ontem o almoço dos relatores do Código de Processo Civil com o vice Michel Temer, no Jaburu. A certa altura, Jerônimo Goergen (PP-RS) se empolgou e ligou para donos de duas vinícolas gaúchas. Vão enviar caixas para o Palácio.

Justiça digital
Também no almoço, Efraim Filho (DEM-PB) alertou a Temer para a importância da implantação do processo eletrônico em todos os tribunais.

Plantão
Presidente do Congresso, Renan Calheiros já se reuniu com o ministro da Saúde e ofereceu os médicos do Senado para atuar também no SUS em Brasília.

Fiscais do Chico
O presidente da Câmara vai instalar, a pedido do deputado Raimundo Gomes (PSDB-CE), nova Comissão Externa de Fiscalização das Obras de Transposição do Rio São Francisco (Ufa!). O nome é tão grande quanto o indício de sumiço do dinheiro.

Golpe
Conhecido empresário leitor da coluna caiu no golpe do falso sequestro por telefone. Aquele em que o bandido inventa estar em poder de um ente querido seu. Perdeu R$ 20 mil, depositados em duas contas: de Volta Redonda (RJ) e Rio Verde (GO).

Até o vice
Suspeita-se de ligação de presídios. Até o saudoso José Alencar quase foi vítima, no seu apartamento no Rio. Descobriu o golpe quando perguntado quem era, e revelou choroso: “ sou o vice presidente da República”. O bandido desligou na hora.

Na praia
Aliados de Sérgio Cabral, governador que lançará o vice Luiz Pezão à sua sucessão, espalham que Lula não deixará Lindbergh Farias se candidatar. ‘Dilma precisa dos votos do Rio unido, porque SP e Minas já estão com Aécio’, diz um deputado.

Braçadas
Os pré-candidatos no Rio por ora são Pezão (PMDB), Garotinho (PR), Lindbergh (PT) e Crivella (PRB). Todos da base do PT. PSDB conversa para ter palanque para Aécio.

Surpresa!
Randolfe teve uma surpresa ontem. Soube pela secretária-geral do Senado que não poderá mais votar em todas as comissões, por ser senador único do PSOL e sem bloco.

Ponto final
Com o lançamento precipitado dos candidatos ao Planalto, o ano parlamentar começou a acabar.

Por Leandro Mazzini - com Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos
Brasília, Sexta-Feira, 01 de Março de 2013 – nº 390

Deixe seu Comentário

Leia Também

Segurando o caixa
Perigo online
Mão amiga
Tropa de Jair
Exército pecuarista