Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
COLUNA

Mondovino

Donizetti Vicentin

Sauvignon Blanc

14 fevereiro 2017 - 09h04

A Sauvignon Blanc é uma das mais nobres e elegantes uvas brancas do mundo. Pode-se dizer que ela não era considerada clássica, até sua ''descoberta" pelos apreciadores de vinho de Paris nos anos 60. Isso fez com que ela ficasse conhecida em todo mundo.



A Sauvignon Blanc está intimamente ligada à região francesa do Vale do Loire, mas consta que ela surgiu mesmo em outra região francesa, Bordeaux, onde, com a Sémillon, produz na chamada Sweet Bordeaux verdadeiros néctares dos Deuses, entre eles o Sauternes.



Apreciada em todo o mundo, é produzida também fora da Europa com um destaque para a Califórnia.As primeiras mudas de Sauvignon Blanc chegaram por lá na década de 1880 oriundas das vinhas do mítico Château d'Yquem, em Sauternes, França. Mais tarde, a casta adquiriu o apelido de "Fumé Blanc" através da promoção de Robert Mondavi, por volta de 1968. Na década de 1970, a Sauvignon Blanc foi introduzida pela primeira vez na Nova Zelândia, com ótimos resultados. Principalmente na região de Malbororough, destaco também os ótimos vinhos da África do Sul, Chile, Argentina e no Brasil.



A Sauvignon Blanc é extremamente sensível ao terroir de onde é plantada.



A maioria da produção em todo o mundo é feita pela fermentação executada em tanques de aço inox.



Com seu estilo fresco, vivo, marcante e um frutado delicioso, geralmente apresenta uma linda cor palha dourada, podem produzir aromas de lima, minerais, pimenta verde, aspargos, maracujá, goiaba e grama recém cortada.



Na boca lembra ervas, groselha e mineral, é refrescante e com acidez pronunciada



Os Sauvignon Blanc são ótimas opções de harmonização para pratos condimentados como carpaccio, peixe assado, peixe com molhos cítricos, frutos do mar, frango grelhado, peru, saladas e comida japonesa. Queijos mais ácidos como os de cabra também harmonizam bem com esses vinhos.



BONS VINHOS A TODOS!



" Certa vez, numa viagem que fiz aos desertos do Afeganistão, perdi meu saca- rolhas e fui obrigado a passar vários dias apenas com comida e água."



W. C. Fields, pseudônimo de Willian Claude Dukenfield, humorista e ator norte-americano


Deixe seu Comentário

Leia Também

Gamay a Estrela do Beaujolais
Caríssimo Presidente
O ciclo da uva
Os aromas do vinho
Simpósio sobre clima causa apreensão