Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
COLUNA

Mondovino

Donizetti Vicentin

Uva Tempranillo

20 fevereiro 2018 - 10h30

É a uva mais ilustre e mais plantada da Espanha, responsável  pelos famosos vinhos de Rioja e de Ribera del Duero. Essa é a Tempranillo.

Essa é uma das uvas que primeiro amadurece, em media duas semanas antes que a Garnacha, sua companheira espanhola em muitos vinhedos e vinhos. E o nome Tempranillo vem justamente desse amadurecimento precoce. Em Portugal, a Tempranillo ganha os nomes Tinta Roriz e Aragones
Cepa de casca grossa, bagos pequenos e escuros, que sinalizam o seu potencial para vinhos com bons níveis de taninos, e sabores complexos. Os vinhos de Tempranillo apresentam uma cor vermelha rubi, principalmente quando jovens. Mas esses são vinhos com grande potencial de desenvolver-se com o envelhecimento, principalmente devido ao fato da uva Tempranillo ser particularmente resistente à oxidação. Ah, é bom lembrar que a Tempranillo também produz excelentes rosés, em versões secas, leves e frutadas.

Os aromas mais comuns em vinhos produzidos com a Tempranillo são morango, mirtilo, framboesa, amora, groselha preta, cereja, ameixas... Mas nesses vinhos também observamos notas de baunilha, ervas secas, cravo, canela, menta, couro, tabaco, chocolate escuro...

Para desfrutar o melhor que um Tempranillo tem a oferecer, harmonize-o com carne de porco, ou carne de cordeiro. Esse vinho é uma excelente sugestão para acompanhar a espanhola paella, principalmente nas versões que levam frango ou linguiça. Também é um ótimo vinho para pratos ricos em especiarias e pimentas.

Dizem que a Tempranillo chegou até o norte da Espanha pelo famoso Caminho de Santiago, levada por monges peregrinos que saíram da Borgonha, rumo a Santiago de Compostela. Segundo a lenda, a Tempranillo seria uma mutação genética da Pinot Noir. Mas essa é somente uma história pitoresca e fantasiosa, porque pesquisas ampelográficas atestaram que não há ligação genética entre as duas cepas, e acredita-se que a Tempranillo seja uma uva realmente nativa do norte da Espanha, onde tem sido cultivada há mais de 3.000 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cava, uma joia espanhola
Portugueses brilham na França - Concurso de Bordéus
Dia da Mães
Pinot Noir
Descubra Qual o Vinho Mais Caro de Cada um dos Países Produtores