Menu
Busca domingo, 05 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Comportamento

Empresário é condenado a pagar R$ 30 mil a Xuxa Meneghel após xingamentos

O empresário Adriano de Barros Caruso publicou um vídeo chamando a apresentadora de "imbecil e idiota" em suas redes sociais

05 abril 2022 - 16h58Brenda Leitte, com Metrópoles
Sebrae Materia

Adriano de Barros Caruso, presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Bovinos e Bubalino (Abiec), foi condenado pela Justiça de São Paulo a pagar R$ 30 mil à Xuxa Meneghel após chamá-la de "sua imbecil, sua idiota, sua louca". A informação foi divulgada pelo colunista Rogério Gentile, do portal UOL.

Em fevereiro de 2021, o empresário proferiu as ofensas à apresentadora após a Rainha dos Baixinhos denunciar maus tratos aos animais de uma granja em Minas Gerais. Caruso, que ainda pode recorrer da decisão, também foi condenado a uma pena de quatro meses de detenção, inicialmente em regime aberto.

Ao entrar com o processo, Xuxa denunciou que teve a sua honra ofendida. "Não há dúvidas de que houve, por parte do querelado [o empresário], uma efetiva transgressão do direito à manifestação ou de, simplesmente, discordar do posicionamento da apresentadora", pontuou os advogados da apresentadora na queixa-crime.

Do outro lado da disputa, Caruso afirmou que apenas fez um desabafo no vídeo, que foi publicado em suas redes sociais. "Xuxa busca a todo momento denegrir o agro nacional perante a comunidade internacional, em verdadeiro boicote ao consumo da carne bovina e suína do Brasil", explicou o empresário.

Entretanto, o juiz Marcelo Andreotti não concordou com os argumentos de Caruso. "Na condição de figura pública, ela deveria adotar postura mais respeitosa com o país que lhe projetou no cenário internacional", definiu o magistrado, acrescentando, ainda, que a reação de Caruso havia sido "ofensiva, pessoal e desproporcional".

Relembre o caso

Durante uma ação realizada pela ONG Mercy for Animals, Xuxa Meneghel denunciou maus tratos aos suínos de uma granja de Minas Gerais. Na ocasião, a apresentadora afirmou que os animais "recebiam choques elétricos constantes com bastões".

Sete meses depois, Caruso gravou um vídeo detonando Xuxa, por acreditar que as imagens não tivessem sido captadas no Brasil. "Xuxa Meneghel, se você quiser fazer alguma coisa contra o agro, um setor tão sério, que leva esse país nas costas, não minta, não faça esse tipo de propaganda enganosa", começou o presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Bovinos e Bubalino.

"Sua irresponsável, não seja inconsequente, respeite o Brasil, respeite o agronegócio, respeite o agro. Tudo o que você vive, tudo o que você faz, tem agro. Sua irresponsável, sua imbecil, sua idiota, sua louca", completou o empresário.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comportamento
Vem aí: Big Fone irá tocar este fim de semana no BBB23
Comportamento
Cachorro português de 30 anos é considerado o mais velho de todos os tempos
Comportamento
Jornalista Léo Batista sofre acidente no Rio de Janeiro
Comportamento
Falaê CG: Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?
Comportamento
Conta zerada: MC Guimê tem cachê do "BBB 23" retido pela Justiça
Comportamento
JD1TV: guia fica 'cara a cara' com onça-pintada durante safari no Pantanal
Comportamento
Noitada: após festa do líder, Bruna Griphao não acorda para Raio-X e é punida
Comportamento
No elenco da novela gravada em MS, Agatha Moreira e namorado passeiam por Bonito
Comportamento
Sensitiva prevê participante do BBB23 como novo apresentador da emissora
Comportamento
Com 53,3% dos votos, Gabriel é o segundo eliminado do 'BBB 23'

Mais Lidas

Polícia
Mãe desaparece com filho de 6 anos e preocupa família na Capital
Interior
Raio mata 16 cabeças de gado e causa prejuízo de R$ 60 mil a pecuarista de MS
Polícia
Entregador de aplicativo é preso enquanto fazia entregas de "disk droga"
Polícia
Colisão entre carro e viatura do Batalhão do choque deixa feridos na Capital