Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Comportamento

Vida sem carne é saudável ? Nutricionista explica se vegetarianismo é boa opção

Ao JD1 Notícias, vegana e ovolactovegetariana contam suas experiências sem o consumo de carne

05 abril 2022 - 11h11Taynara Menezes
Sebrae Materia

Típica no prato brasileiro, a carne se tornou 'patrimônio' do país, ainda mais quando se une com o arroz e feijão que são dois alimentos comuns na cultura do Brasil. Mas, há quem prefira se abster desse consumo animal por amor à própria natureza ou, até mesmo, por questão de saúde.

A última pesquisa do Ibope em 2018, revelou que cerca de 30 milhões de brasileiros são vegetarianos, um crescimento de 75% em comparação à 2012. Resultado que chama atenção já que o Brasil é um dos países que mais consomem carne e ocupa o 5º lugar no ranking mundial, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Diante desses números, qual o principal fator que leva uma pessoa a excluir de vez a carne do seu prato? Será que essa escolha tem riscos ou benefícios? O JD1 Notícias conversou com a Nutricionista Clínica, Vilma Branco Escanaichi, que ressalta que esse assunto depende de diversos fatores. 

Vilma relata que a escolha de se abster da carne vem sempre acompanhada de uma decisão, seja ela pessoal ou por saúde, ambas devem ser analisadas por um profissional para se alimentar de forma correta. 

"Essa prática cresceu muito e ela tem dois cunhos, a pessoa buscando uma vida saudável ou pode estar ligado à uma filosofia animal, ligada por amor aos animais. Independente de qual seja a escolha, as duas precisam ser acompanhada por um profissional para orientar o que deve ser colocado no local dessa proteína que está sendo retirada" esclarece. 

A profissional explica que a carne tem um papel importante para o organismo devido à proteína, esse fator está ligado a toda construção de tecidos corporais, produção de enzimas, porém, esse alimento pode ser substituído por outras opções sem oferecer riscos à saúde. 

Nutricionista Vilma acredita que não exista malefícios ou benefícios, tudo depende da alimentação

"A carne é alimento fonte de um dos macro nutrientes muito importante que é a proteína, mas, nós conseguimos esse macro em outros alimentos como algumas leguminosas feijão, grão de bico, lentilha ou, até mesmo, vegetais tem na sua composição a proteína e aqui no Brasil somos agraciados com arroz e feijão, pois essa composição fornece todos os aminoácidos necessários para formação de proteína no corpo" explica. 

A nutricionista ainda acrescenta que pode ocorrer, em alguns casos, desse conjunto arroz e feijão, não alcançar a meta de proteína diária através de uma refeição, por isso, a pessoa precisa estar bem orientada antes de fazer essa escolha. Quando se trata de benefícios ou malefícios, a profissional não intitula como mau ou bom, ela reforça que tudo depende da alimentação que será inserida. 

"Eu prefiro dizer que não há malefícios ou benefícios, porque toda alimentação precisar ser equilibrada e calculada para atingir a necessidade de cada um, pois não é tirando a carne que terá melhora na pele ou cabelo, pois tudo depende de vitaminas. Algumas pessoas relatam se sentir melhor e mais leve depois de retirar a carne, mas isso não comprovado, então eu não vejo benefícios ou malefícios, tudo tem que ser feito com responsabilidade mesmo" enfatiza. 

Bruna Gonzaga, de 25 anos, retirou a carne do seu prato desde 2018 após ser sensibilizada por um vídeo na internet. "Eu já tinha uma certa sensibilidade em relação aos bichinhos mas, não conseguia deixar a carne, até que um dia eu assisti um vídeo que me tocou muito e resolvi parar de vez" explica.

Bruna se apresenta como ovolactovegetariana, ou seja, ela come apenas derivados de animais, mas nenhuma espécie de carne, nem mesmo a branca, ela introduz em sua alimentação, para ela essa decisão e mudança foi tranquila. "Já deixei todos os tipos de carne de uma só vez, eu já estava muito sensibilizada então não foi difícil pra mim e eu me sinto bem mais leve" conclui. 

A jornalista Ellen Ramos, 25 anos, já está há 11 anos sem consumir carne, ela conta que sua mudança foi por etapas, primeiro ela tirou a carne e continuou consumindo derivados e há 4 anos se tornou vegana, tirou tudo que provém de origem animal.

"O veganismo engloba diversas coisas e não só a alimentação, por exemplo, eu não frequento rodeios, aquários, não utilizo produtos de origem animal, então, eu acredito que a causa animal é o maior fator que mantém essa escolha como foi o meu caso" defende. 

Ellen ainda relata que sempre teve uma boa relação com animais e não entendia o porquê de diferenciar os animais. "Eu sempre gostei de animais, desde criança,  e chegou um tempo que eu comecei a perceber e questionar por que somos ensinados a ter animais para se alimentar e outros para gostar e cuidar, que são os domésticos. Até que um dia eu conheci uma professora vegetariana, ela me explicou tudo e com 13 anos eu parei de consumir todo tipo de carne" conta. 

 

 

 

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Oportunidade
Curso gratuito de espanhol está com inscrições abertas na Capital
Comportamento
Vem aí: Big Fone irá tocar este fim de semana no BBB23
Comportamento
Cachorro português de 30 anos é considerado o mais velho de todos os tempos
Comportamento
Jornalista Léo Batista sofre acidente no Rio de Janeiro
Comportamento
Falaê CG: Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?
Comportamento
Conta zerada: MC Guimê tem cachê do "BBB 23" retido pela Justiça
Comportamento
JD1TV: guia fica 'cara a cara' com onça-pintada durante safari no Pantanal
Comportamento
Noitada: após festa do líder, Bruna Griphao não acorda para Raio-X e é punida
Comportamento
No elenco da novela gravada em MS, Agatha Moreira e namorado passeiam por Bonito
Comportamento
Sensitiva prevê participante do BBB23 como novo apresentador da emissora

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado