Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Cultura

Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS

Dia 20 de Setembro, é dia de Orgulho! É dia de Luta! É dia de Festa! Viva! Ame! Tenha Orgulho!

20 setembro 2020 - 12h50Matheus Rondon

Devido ao isolamento social imposto pela pandemia global do novo coronavírus, a Parada da Diversidade de Mato Grosso do Sul precisou se adaptar a situação. O evento levou 25 mil pessoas as ruas de Campo Grande no ano passado, segundo dados da Guarda Municipal.

Para mostrar o orgulho e celebrar conquistas, o Fórum Estadual LGBT-MS decidiu realizar neste domingo (20) a partir das 16h, a Parada da Diversidade online de Mato Grosso do Sul no canal do Youtube da entidade.

O tema do ato deste ano é “A DEMOCRACIA TEM TODAS AS CORES” e a expectativa da organização é de atrair o máximo de pessoas entre LGBT+ e simpatizantes nos municípios do estado e fora dele, e será transmitida simultaneamente em canais no YouTube do Fórum e da cantora Paolla, os convidados vão interagir remotamente, com os apresentadores ao vivo, respeitando todas as medidas de biossegurança, em estúdio. A previsão é que a Parada tenha cerca de 4 horas de duração. Quase 60 artistas, entre recados e vídeos de artistas do MS do e do Brasil, o evento contará com a participação de uma Drag Queen Peruana.

Com apresentação e participação de vários influenciadores, artistas nacionais e regionais como  Hugo Bonemer (ator Global), Mauro Sousa (Diretor da Maurício de Sousa Produções - Turma da Mônica), Dumaresk (The Circle Brasil - Netflix) e da blogueira Thiessa, todos de forma totalmente voluntária, inclusive o show de encerramento, a cantora Paolla, que cedeu parte da estrutura do seu show, transmissão no seu canal e se apresentará voluntariamente.

Para Felipe Hespporte, um dos artistas do evento, é muito importante a realização da Parada, mesmo que online, “Eu nunca duvidei da importância até eu ir pela primeira vez, presencialmente, há uns 4 anos, coincidindo quando havia começado a me montar. Quando pude estar lá, senti a felicidade de uma comunidade em um dia onde todos podem ser o que são, sem medo de estarem ali celebrando isso. Com essa pandemia, que pegou todos de surpresa, fazer uma versão online do evento é uma maneira de lembrarmos que teremos essa mesma sensação, porém em suas casas, seguros do vírus. Nessa loucura toda o entretenimento on-line aumentou ainda mais, e a necessidade do consumo dele também,acaba sendo até mais fácil para alguns artistas “de casa” se expressarem e estarem ali, em comunidade, ou até mesmo atingir um outro público que não poderia estar, mesmo se fosse presencial. É muito bom sempre ter quem lute pela comunidade e tenta acrescentar para trazer essa alegria pra todos, ajuda e união nunca é demais”, explica.


Felipe Hespporte ao lado de sua Drag Queen, Andrômeda Black. 

Para Edmilson Cardoso da Cruz, Presidente do Fórum Estadual LGBT-MS, a expectativa é grande, “confiamos que a nossa população LGBT+ e as pessoas aliadas com a nossa pauta, reajam de forma extremamente positiva diante das atrações, nesse sentido, a Parada online tem como objetivo ampliar a voz da população LGBT+ de MS junto à comunidade e oferecer um aporte para que os Movimentos Sociais, ONGs conquiste mais espaço, principalmente nos dias de hoje onde vivemos um cenário totalmente truculento para nós LGBT+, esperamos que as apresentações além de bonita, sejam poderosas e impactantes para que as pessoas reflitam sobre a nossa forma de viver e espalhar o amor na sociedade contemporânea”, finaliza.

 

pax nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Ângelo Arruda lança livro de poesias e CD nos dias 21 e 30 de outubro
Cultura
Em comemoração aos 43 anos de MS, Fundação de Cultura realiza show no Parque das Nações
Cultura
Vídeo: Primeiro show ao vivo com público durante a pandemia
Cultura
Decreto que regulamenta Lei Aldir Blanc em MS é publicado no Diário Oficial
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso