Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Cultura

Bandas 'Eclipse' e 'Professor Lao' são as atrações do Som da Concha domingo

29 novembro 2011 - 11h49Divulgação

O governo do estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), leva ao palco do projeto "Som da Concha" no próximo domingo (4), o som marcante dos anos 70 e 80 da banda Eclipse e a irreverência do grupo "Professor Lao". As apresentações acontecem a partir das 18h30 na Concha Acústica Helena Meirelles, localizada no Parque das Nações Indígenas, com entrada franca. A iniciativa tem a parceria com a Fundação Manoel de Barros, 104 Rádio MS, TV Brasil Pantanal. Formada nos anos 80, a Banda Eclipse é uma das primeiras bandas que se apresentou nos bares de Campo Grande. Canções das bandas Queen, Village People, Creedence e das brasileiras Titãs, Paralamas do Sucesso, RPM e Lulu Santos integram seu repertório que faz uma viagem aos anos 70 e 80.

A banda já participou de diversos festivais de rock, e tocaram em cidades do interior como São Gabriel do Oeste, Bela Vista e Aquidauana. Foram também convidados a tocar em Concepción e Orqueta, no Paraguay.

Eclipse volta a tocar Synthpop, rock e baladas na noite da Capital com Jackson Pelzl no baixo, Alexandre Nicolau na bateria, Dodi na guitarra, Wendel Lima, no teclado, e Alexandre Ducat no vocal. Segundo o músico Alexandre, os integrantes tocavam mais música para ouvir, mas agora "tudo é para dançar". O grupo evoca o estilo retro com saudades do tempo em que todo mundo sabia de quem era o som. "Antigamente você sabia nome de banda, quem estava cantando. Hoje todo mundo é igual", afirma.

Professor Lao

Idealizada por Marcus Câmara em setembro de 2009, a banda "Professor Lao" passa a existir através de contatos com outros músicos de Campo Grande que incentivam a formação de um trabalho inteiramente autoral. Em 2010 são lançados o myspace e o palco principal, no Brasil e em Portugal simultaneamente, onde são disponibilizadas algumas gravações em Demo para o público. No site www.palcoprincipal.sapo.pt, de Portugal, a Banda atinge o 1º lugar, em acesso e execução, entre as 113 bandas brasileiras de estilo alternativo registradas neste endereço.

Em 2011 a banda é escolhida como a preferida dos telenautas pelo site ViaMorena com a música "Conto", gravada durante o Festival Universitário da Canção e publicada no Youtube pelo site. "Nossas composições dão ênfase à vida cotidiana com todas as dúvidas e certezas que permeiam a vida de qualquer ser humano", explica Câmara. Ela se lança na música de Mato Grosso do Sul com o intuito de divulgar seu trabalho de pesquisa sonora que, de acordo com seu idealizador, pode ser classificado como de estilo IndieRockPopUp, ou Rock Popular Independente e Alegre.

A formação Oficial da banda Professor Lao é: Jonas Feliz (sintetizador e alternativos); Julio Victor (Guitarra); Marcus Câmara (baixo e voz); Matheus Souza (Bateria).

Som da Concha

O Som da Concha é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, que prevê apresentação de shows em domingos alternados. A Concha Acústica Helena Meirelles fica na Rua Antonio Maria Coelho, nº 6000. Outras informações pelo telefone (67) 3314-2031.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Almir Sater promove Live Pantaneiros do Bem
Cultura
Bandas do MS transmitirão na capital live 'Mundial do Rock'
Cultura
Nostalgia: Autocine retorna neste domingo com entrada franca
Cultura
O desespero do entretenimento
Cultura
Banda V12 e DJ Marcelo Natureza farão Live nesta quinta
Cultura
V12 divulga set de músicas da live de quinta feira
Cultura
Banda V12 e DJ Marcelo Natureza farão Live com clássicos do Pop Rock
Cultura
Lives de hoje: Marília Mendonça e Maiara & Maraísa e Jads e Jadson
Cultura
Dia dos namorados terá lives românticas de Lulu Santos, Nando Reis e outras
Cultura
Sandy e É o Tchan, veja as lives de hoje

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação