Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Cultura

Cachê de Jennifer Lawrence cresceu 833 vezes; 'Jogos Vorazes' ajudou

18 novembro 2013 - 10h22Via G1
Jennifer Shrader Lawrence nunca fez cursos de atuação. Decidiu ser atriz aos 14 anos, “de repente”, a caminho de um teste como modelo. Havia sido descoberta na rua durante férias em Nova York. Convenceu os pais a deixar a fazenda onde moravam em Louisville, no estado americano de Kentucky. Com eles, mudou-se para Santa Mônica. Acelerou os estudos e concluiu dois anos antes do previsto. Hoje, aos 23, tem um Oscar de melhor atriz, e protagoniza a saga "Jogos Vorazes".

A segunda parte, "Em chamas", chegou aos cinemas na sexta-feira (15). O primeiro filme veio em março de 2012 e ajudou a tornar Jennifer Lawrence conhecida. Estar na pele da heroína Katniss Everdeen fez bem à carreira (e aos bolsos) da atriz. Se comparados os cachês por "Inverno da alma" (2010) e pelo segundo "Jogos Vorazes", houve um crescimento de 833 vezes. Antes, ganhava US$ 3 mil por semana, tendo ficado um mês no set, segundo o site iMDb. Hoje, bons papéis renderam elogios, prêmios e fãs.
Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro