Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

CenaSom estreia espetáculo de dança 'S.(AR)A.H' com sessões gratuitas

30 outubro 2013 - 06h49Via Notícias MS
O projeto CenaSom, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, recebe na quinta-feira (31) a estreia do espetáculo de dança “S.(AR)A.H”, com a bailarina Renata Aspesi, residente em São Paulo. A peça terá duas sessões gratuitas - às 15h e às 20 horas - no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. Depois, segue para Três Lagoas, onde integra a programação do Festival Dança Três. A entrada é franca e a classificação de 12 anos.

Contemplado pelo Prêmio Célio Adolfo de Incentivo à Dança da Fundação de Cultura, “S.(AR)A.H” é um espetáculo de dança contemporânea em intersecção com as artes visuais e fala do amor intenso presente nas obras dos dramaturgos Sarah Kane e Antonin Artaud, em especial os textos Psicose 4h48 e o Teatro da Crueldade.

Não há narrativa e nem personagens estabelecidos. O amor e seus desdobramentos são os vetores emocionais utilizados para a criação dos movimentos que reverberam nos corpos dos intérpretes Renata Aspesi e Thomás Basso. Movimentos, estados corporais e relações entre os artistas são construídos e destruídos no palco e conduzem o público para um universo de sensações. Uma vídeo-arte criada pelos artistas Diana Junqueira, Marcela Biagigo e Milena Mendes traz imagens potentes. A trilha sonora de Laerte Mello, executada ao vivo, intensifica a atmosfera do espetáculo.

A bailarina Renata Aspesi atuou no cenário internacional e recebeu importantes premiações durante a carreira. De 1996 a 1998 dançou na Europa, onde fez parte da companhia Euro City Ballet de Charleroi, na Bélgica. Logo após, morou durante dois anos em Campo Grande, onde trabalhou na Ginga Cia. de Dança e Cia. de Dança Isadora Duncan. A partir do ano seguinte, dançou com diversas companhias e coreógrafos em São Paulo, onde vive atualmente. Não é a primeira vez que a artista volta a se apresentar em solo campo-grandense. Em 2007, estreou aqui o espetáculo solo “Asas Invisíveis”, sucesso de público e crítica.

Laerte Mello, diretor do espetáculo “S.(AR)A.H”, tem uma longa trajetória como pesquisador de Sarah Kane. Ele é ator, produtor e tradutor. Atuou em diversas peças, grupos e diretores como Teatro Célia Helena e Teatro Cultura Inglesa-Pinheiros. Trabalhou também em vários programas de televisão e no cinema, em filmes como os longas O Contador de Histórias, com direção Luís Villaça; e Cabeça a Prêmio, dirigido por Marco Ricca.

O ator convidado, Thomás Basso, estudou Artes Cênicas pela Escola Superior de Artes Célia Helena, realizando montagem de peças com profissionais renomados da área, como Simoni Boér, Eduardo Okamoto, Guillherme Sant’Anna, Bete Dorgam. Atualmente é integrante da Fatal Companhia, dirigida por Laerte Mello, com a qual recentemente esteve em cartaz com a peça Psicose 4h48, de Sarah Kane no Teatro Cultura Inglesa.

“S.(AR)A.H” tem iluminação de Domingos Quintiliano e figurinos de Luan Mello. A concepção é de Renata Aspesi e assistência de ensaio de Cláudia Piassi. A produção é da Arado Cultural, com Renata Leoni e Marcos Mattos.

Serviço
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na Rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio