Menu
Busca quarta, 18 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Cineasta vai à Câmara e cobra investimentos na cultura da capital

Segundo Espedito Di Montebranco, os artistas de Campo Grande estão "sem casa"

29 agosto 2019 - 17h54Mauro Silva, com informações da assessoria

O produtor e cineasta, Espedito Di Montebranco, disse que os artistas de Campo Grande estão “sem casa”. A afirmativa do ator aconteceu durante sessão na Câmara realizada na manhã desta quinta-feira (29).

O cineasta levou à Casa de Leis o questionamento sobre a capital ter em torno de 800 mil habitantes, mas não tem espaço teatrais aos artistas, dessa forma ele cobra mais investimentos para entretenimento em Campo Grande. O Teatro José Octávio Guizzo do Paço Municipal, na Avenida Afonso Pena, e o Aracy Balabanian, na Rua 26 de Agosto, estão fechados. A obra do Centro de Belas Artes está parada, mas prefeitura já sinalizou a retomada dos trabalhos.   Ainda, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem um teatro, mas não conta com equipamentos e nem nome.

Espedito Di Montebranco recordou a importância de as crianças terem a oportunidade de estar num palco. “A arte que nos escolhe, nos chama, nos conduz. É nosso dever, nossa obrigação, enquanto artistas, legisladores, darmos casas, espaços culturais, para elas terem direito de subir ao menos uma vez no palco”, disse, salientando o poder da arte para tornar as pessoas mais humanas e o poder de transformação que possui.

A vereadora Enfermeira Cida Amaral, que fez o convite para o ator falar do tema, ressaltou que esteve em Brasília e conversou com deputados federais para que sejam propostas emendas para os espaços culturais serem reativados. “Precisamos voltar com a cultura porque cultura é educação, e a educação que vai transformar o País”, disse.

 

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Fundação da Cultura analisa demandas para o Estado
Cultura
Amazon para de vender livros de "cura gay"
Cultura
Show do Roupa Nova terá tributo a Simon e Garfunkel
Cultura
Com previsão de R$ 15 mi, edital Rumos 2019 é lançado para artistas de todo Brasil
Cultura
Relógio da Estação Ferroviária será reativado na Calógeras
Cultura
Reviva Cultura levará desfile, música, dança e teatro para a nova 14 de julho
Cultura
Quarta Cultural tem Os Filhos de Campo Grande
Cultura
3º Festival Gastronômico da Bom Pastor tem início nesta sexta
Cultura
Formação da sociedade sul-mato-grossense é tema de Ciclo de Palestras na capital
Cultura
Esplanada Cultural tem início nesta sexta-feira

Mais Lidas

Geral
Supermercado Real, no São Conrado, é autuado por vender produtos vencidos
Internacional
Vídeo - De cueca, homem cai de prédio ao fugir da casa da amante
Cidade
Vítima é socorrida em estado grave após tentativa de homicídio
Geral
Vídeo - Cliente se revolta com valor pago no “espetinho da Valley” e tenta agredir vendedor