Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Dino Rocha será homenageado e faz abertura do Festival América do Sul

26 abril 2012 - 10h38Reprodução

O artista sul-mato-grossense Dino Rocha tem múltiplos talentos; instrumentista, acordeonista, compositor, cantor e, sendo um dos homenageados, irá fazer a abertura do 9º Festival América do Sul nesta quinta-feira (26), às 20 horas, em Corumbá. O cantor nasceu em Juti, interior de Mato Grosso do Sul. Desde criança já tinha predileção pela música como sanfoneiro aos oito anos de idade. Mudou-se para Campo Grande em 1971. Aos dezesseis anos de idade apresentou-se com seu primeiro grupo, "Los 5 Nativos", da cidade de Ponta Porã.

Em 1973, gravou pela primeira vez no LP "Voltei amor", da dupla Amambai e Amambaí.  Como compositor fez mais de 50 composições, entre as quais "Gaivota pantaneira", parceria com o poeta e compositor Zacarias Mourão. Também gravou declamando poemas caipiras. Em 1991, recebeu o prêmio "Jacaré de prata" como melhor instrumentista do Brasil. Atuou em três capítulos da novela "Pantanal", da Rede Manchete ao lado de Almir Sáter e Sérgio Reis.

Já em 1997, criou seu próprio selo fundando a RR Gravação e Produção ME. Em 2000, foi convidado para participar do projeto "Balaio Brasil", no Sesc de São Paulo, apresentando-se ao lado de Dominguinhos, Caçulinha, Sivuca, Hermeto Pascoal e Toninho Ferragut. No ano seguinte, com os mesmos músicos participou do projeto "Sanfona brasileira", pelo Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, em São Paulo e Brasília. Apresentou-se no Sesc São Paulo em 2002 no projeto "Brasil da sanfona", quando representou a região Centro-Oeste. Seus três últimos discos foram: "Che Rancho Cuê (Meu rancho velho)", "Pantanal, sanfona e viola" e "No rancho do chamamé".

O artista possui considerável conjunto de obras musicais formado por 21 discos (17 discos em vinil e quatro CDs.) que consolidaram sua carreira calcada em quatro décadas de música regional. Dino também participou, como convidado, de vários trabalhos com outros artistas. Entre os que fizeram parceria com o sanfoneiro estão Almir Sáter, Renato Teixeira, Chiitãozinho e Xororó além dos cantores e compositores campograndenses, Paulo Simões e Guilherme Rondon. Além de trabalhos solos, o cantor e sua sanfona também integram o grupo Chalana de Prata.

Via Notícias MS

 

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Balneários municipais de MS são opções para passar o feriadão
Geral
Curso grátis de fotografia é aberto no MIS
Cultura
Semana cultural tem cinema e música instrumental no Sesc
Cultura
Bosque dos Ipes abre espaço para exposição indígena
Cidade
Praça Ary Coelho vira palco de muita música e atrações neste sábado
Cultura
No Autódromo, Marquinhos ressalta turismo de eventos
Cultura
Sesc Morada dos Baís recebe "Festival de Polca e Guarânia"
Cultura
Festival do Peixe tem "Feira Cristã" em Campo Grande
Cultura
Museus brasileiros aparecem em lista dos 100 mais visitados do mundo
Cultura
Cine Sesc terá documentário sobre violência contra índios e drama francês

Mais Lidas

Polícia
Empresário e funcionário morrem eletrocutados durante trabalho
Justiça
Julgamento de juiz é adiado
Polícia
Motorista é encontrado morto com 14 facadas
Justiça
Ação penal contra Puccinelli é suspensa pelo TRF3