Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Cultura

Em Carnaval informal, Globo tenta ignorar SBT, mas cede para Bozo

01 março 2014 - 18h02Via Uol
Na transmissão de carnaval mais informal de sua história, a Globo tentou ignorar referências ao SBT nas escolas de samba que lembraram temas nostálgicos no primeiro dia de desfiles em São Paulo. Livia Andrade foi entrevistada, mas sem ser identificada como atriz de Silvio Santos. Crianças vestidas com uniforme da escola de Carrossel foram ignoradas. Ao mostrar o carro alegórico com um palhaço Bozo gigante, porém, Chico Pinheiro deu os créditos à concorrente.

"Aí está o carro do palhaço Bozo, sucesso da nossa coirmã SBT", disse o apresentador da Globo enquanto passava o carro alegórico da escola de samba Dragões da Real, a quarta a entrar no sambódromo do Anhembi e que relembrou sucessos dos anos 1970 e 1980. Bozo ficou no ar no SBT entre 1980 e 1991 (e voltou rapidamente em 2013).

Apesar dessa menção ao SBT, a Globo escondeu outras referências à emissora concorrente. Na Rosas de Ouro, que relembrou personalidades marcantes, desfilaram a atriz mirim Aysha Benelli (Laura, de Carrossel), os palhaços Patati Patatá e uma sósia da apresentadora Hebe Camargo (1929-2012).

Piadas
Chico Pinheiro e Monalisa Perrone seguiram à risca as ordens do diretor de núcleo J.B. Oliveira, o Boninho, que proibiu os apresentadores de se comportarem como em um telejornal. Empolgado, Chico Pinheiro imitou Sinhozinho Malta, personagem de Lima Duarte em Roque Santeiro (1985), e Chacrinha (1917-1988), lembrados pela Dragões da Real.

Durante a passagem da ala das baianas com personagens do desenho Moranguinho, o apresentador, indelicado, perguntou para Monalisa Perrone se ela já brincou de salada de frutas quando criança (brincadeira em que "pedir salada mista" significa "dar beijo de língua"), deixando a colega constrangida.

O temporal que caiu durante todo o desfile serviu para deixar a transmissão ainda mais descontraída. O repórter José Roberto Burnier, ao citar o samba-enredo da Rosas de Ouro (Inesquecível), emendou: "Inesquecível foi essa chuva que caiu aqui no Anhembi", e chamou a colega Veruska Donato, que completou: "Inesquecível ficou o meu cabelo com essa chuva, não vou nem tirar a capa".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Cidade
Parque das Nações deve reabrir dia 9 de outubro
Cidade
Procon suspende atividades de Auto Escola
Cidade
Anatel pode impedir ligações de telemarketing indesejadas no MS
Polícia
Vídeo: Oficial da Marinha morre afogado após gritar: "Eu já tenho a salvação!”