Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

Espetáculo 'O que vi do Invisível' da UEMS estreia no CenaSom nesta quinta

28 novembro 2013 - 10h39Via Notícias MS
A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza mais uma edição do projeto CenaSom nesta quinta-feira (28) com a estreia do espetáculo “O que vi do Invisível”, do Grupo de Extensão em Dança Contemporânea da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). A apresentação está marcada para as 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A classificação é livre, a duração aproximada é de 45 minutos e a entrada é franca.

O trabalho é o resultado de diversos laboratórios corporais realizados a partir da obra “As Cidades Invisíveis”, de Ítalo Calvino, e propõe mostrar o olhar individual e sensível dos participantes da oficina (intérpretes criadores) acerca dessa obra. Na obra, Marco Polo conta suas viagens para o Imperador Kublai Khan e convida o leitor a viajar por diferentes e fantásticas cidades. Da mesma forma os participantes da oficina “viajaram” pelas cidades, transformando-as em movimentos expressivos. As impressões advindas da leitura serão compartilhadas com o público.

O Grupo de Extensão em Dança Contemporânea da UEMS é resultante do Projeto de Extensão Universitária “Oficina de Dança Contemporânea”, que tem como proposta aliar a pesquisa e o ensino da dança em suas mais diferentes frentes de trabalho, em especial a contemporânea, que envolve tanto a prática dessa linguagem quanto as questões atreladas ao pensamento do corpo na atualidade e aos processos criativos pertinentes à composição coreográfica.

O grupo, composto em sua maioria por iniciantes nessa linguagem, é dirigido pela professora Gabriela Salvador com colaboração da professora Christiane Araújo e aberto aos interessados da comunidade em geral. É uma realização do curso de Artes Cênicas e Dança com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários da UEMS.

O espetáculo “O que vi do Invisível” conta com os intérpretes criadores Angela Montealvão, Daynara Loubet, Dayane Matos dos Santos, Douglas Caetano, Emanuel Saez, Geissimy Vieira, Hélida Giovani, João Pedro Xavier, Luciana Martins, Marcos Alexandre, Nayandre Loubet, Taira Sanches, Tatiane Miranda, Tauanne Gazoso, Thiago Cristaldo Acosta, Vinicius Battaglin, Yasmin Fróes e o bolsista Pibex Douglas Caetano.

Serviço
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica localizado na rua 26 de Agosto, 453 - Centro.
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Figura do gigante de Cerne Abbas, chama atenção no Reino Unido
Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio