Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Festival América do Sul está recheado de atrações nacionais

14 abril 2011 - 10h17Arquivo

Os grandes nomes da música nacional, o bom bahiano Moraes Moreira, e a lenda do rock nacional Rita Lee serão as atrações nacionais do Palco das Américas. Fecham a programação musical os grupos Casuarina e o Sururu na Roda.

Com nove anos de trabalho calcado no samba e no choro e três discos lançados, o Sururu na Roda se mantém ligado à proposta de resgate cultural do cancioneiro popular e propõe releituras de outros diversos ritmos que constroem a música popular brasileira. Já o Casuarina colocou na órbita do samba a juventude carioca, tornando o grupo um dos principais expoentes nacionais da nova geração sambista.

Música

O homenageado Benitez faz o show de abertura do Palco das Américas, que durante os cinco dias de festival ainda receberá:

A Velha Carne Uma das atrações que vai representar musicalmente a cidade de Corumbá no Festival. Com composições e integrantes jovens, promete ousadia no repertório.

Jennifer Margnética

Mostrar o que pensa o velho ébrio na sarjeta ou o que sente a ‘tia’ do balcão do buteco, por viver no submundo do submundo é o desafio que a banda se propôs a enfrentar em “O Verdadeiro Undergrond”, show que dá nome ao novo CD da banda.

Diálogos

O show Diálogos propõe a fusão de uma orquestra tradicional com ritmos brasileiros, bolivianos e paraguaios. No palco estão os músicos da banda Muchileiros, (cujo vocalista é paraguaio), do Mais Brasil, especialistas em música andina, o boliviano Edgar Mancilla executando instrumentos típicos como as Zamponhas cromáticas, quenas, bombo leguero e músicos de orquestra regidos pelo maestro Eduardo Martinelli. A Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues fará uma apresentação no Museu de História do Pantanal (Muhpan).

Agemaduomi

Talento, amizade e uma pitada de irreverência. Com esses ingredientes, em 1995 foi formado o grupo regional de choro Agemaduomi, carinhosamente facilitado para "Agema". Sempre com a proposta de pesquisar e divulgar o chorinho — estilo musical tipicamente brasileiro que nasceu no final do século 19 — o grupo, desde o primeiro CD, “Proezas”, lançado em 2002, procura inovar com arranjos novos e influência de grandes compositores, como Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga e contemporâneos, como Jacob do Bandolim.

Show Gideão Dias

O Samba pede passagem e faz o cavaco chorar novamente em Corumbá. Gideão vai apresentar o show “Samba sem Fronteira”, com composições próprias que conta os desafios do dia-adia de forma irreverente.

Marinho Azevedo Cantor sertanejo da cidade de Corumbá, que tem seu repertório formado por músicas que vão da raiz sertaneja aos sucessos atuais.

Daniel De Paula

O artista é um tradicionalista quando se fala em música e seu show é feito com a Viola de Cocho, um patrimônio histórico imaterial, produzido em Corumbá pelo “Seu Agripino”.

Forró Zen

O Grupo fez uma pesquisa dos ritmos nordestinos e inseriu no show “no Sertão do Pantanal” o timbre da viola caipira acompanhados pela “Catira”.

Homenageados

Serão homenageados nesta edição do FAS o músico Benites; a gestora do Moinho Cultural Marcia Rolon; o historiador Valmir Corrêa; a cantora argentina Amelita Baltar e o ator nacional Elias Andreato.

Atrações internacionais

Abrindo as portas para a internacionalização do festival, o grupo Los Kjarkas, uma banda tradicional de música andina boliviana, que está na ativa desde a década de 1960 e é considerada a mais conhecida banda do gênero em todo o mundo, se apresentará na noite de estreia do Palco das Américas com seu repertório andino. O destaque é a música llorando se Fue - Chorando se foi, traduzida para diversos idiomas e alcançou um enorme sucesso internacional.

Ainda na música, os paraguaios Hermanos Corbalan, dos irmãos e músicos Sixto e Juan Jorge Corbalán, prometem trazer o melhor da música instrumental paraguaia ao Festival. Consagrados harpistas, compositores e arranjadores, os Hermanos Corbalán já foram premiados em todo o mundo, tanto pelos seus trabalhos solos, como em dupla.

O argentino Pedro Aznar também se apresenta no Palco da Américas. Um dos maiores expoentes da música latina contemporânea, em 1978, formou com Charly García, David Lebón e Oscar Moro, o grupo Serú Girán, considerado pelo público e crítica como um verdadeiro mito na história musical argentina, influenciando várias gerações até os dias de hoje. Com o Pat Metheny Group, do qual foi multiinstrumentista e vocalista, ganhou três Grammys e fez turnês por todo o mundo. Hoje, se apresenta com banda própria, com a singularidade que a ampla experiência nos estilos Rock, Jazz e música popular de raiz argentina permite.

Amelita Baltar, uma das homenageadas do Festival apresenta o Tangamente, com o Ballet Stagium. O Ballet faz ainda um ensaio aberto ao público no Porto Geral.

Soledad Villamil

Soledad Villamil é uma talentosa e reconhecida artista argentina, que transita pelo cinema, teatro, televisão e música. Protagonista do filme O segredo de Seus Olhos, ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010, ela traz a Corumbá seu show musical. Acompanhada de banda, se apresenta com diferentes ritmos e climas musicais, onde a emoção é o foco do espetáculo.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Em duas semanas, Top Circo leva mais de mil pessoas a espetáculo
Cultura
Sesc Morada tem samba, rock e MPB nas noites de happy hour
Cultura
Noite cultural na Esplanada Ferroviária lança semana do artesão
Cultura
Sesc Cultura terá estúdios de pintura e cerâmica
Cidade
Paróquia São José comemora 70 anos com quermesse e noite italiana
Cultura
Sesc Cultura tem cinema gratuito nesta semana
Cultura
Sesc promove oficina de arte contemporânea e cinema para crianças
Cultura
Com homenagem a Marielle Franco, Mangueira conquista carnaval no Rio
Cultura
Pela 1º vez, a Mancha Verde é campeã do carnaval de SP
Cultura
Carnaval 2019: Vila Carvalho é a campeã

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira