Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Cultura

Maria Gadú canta hoje no Parque das Nações Indígenas

05 junho 2011 - 09h40Agência O Globo

Maria Gadú será a atração nacional de junho do MS Canta Brasil. O evento é gratuito e tem início às 17h30min.

O MS Canta Brasil é um projeto do governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, e é realizado mensalmente no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, desde 2007.

A cantora paulista foi introduzida à prática musical ainda na infância. Aos 7 anos de idade, já gravava músicas em fitas cassetes. Fez poucos meses de aulas de violão, longe do suficiente para ler partituras, mas o necessário para criar suas próprias canções. Fez desde os 13 anos shows em bares e festas de família em sua cidade de São Paulo.

Mudou-se para o Rio de Janeiro no início de 2008, quando começou a tocar em bares da Barra da Tijuca e da Zona Sul. Sua carreira passou a ter ascensão ao despertar atenção de famosos ligados ao meio musical, como Caetano Veloso, Milton Nascimento, João Donato, dentre outros.

Maria Gadu ganhou destaque ao interpretar "Ne me quitte pas", de Jacques Brel, para o diretor Jayme Monjardim, que estava em fase de pré-produção da minissérie Maysa - Quando Fala o Coração.

Maysa Matarazzo, cantora e mãe do diretor, fez muito sucesso nas décadas de 1950 e 60 cantando, dentre outras, esta canção. A versão de Gadu, logo, foi incluída na trilha sonora da minissérie que estreara em janeiro 2009, na qual a cantora, ainda, fez uma participação especial como atriz.

No início de 2009, aos 22 anos de idade, Maria Gadú preparava seu primeiro álbum, homônimo, lançado pelo selo SLAP, da gravadora Som Livre, e produzido por Rodrigo Vidal. Além disso, iniciou uma temporada de shows no Cinemathèque, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro.

Após o lançamento do álbum em meados de 2009, a cantora, rapidamente, foi ganhando espaço na mídia brasileira. A canção "Shimbalaiê", sua primeira composição aos 10 anos de idade, foi incluída na trilha sonora de mais uma produção da TV Globo, desta vez em horário nobre, a novela Viver a Vida. Ne me quitte pas foi regravada e, junto com "A história de Lilly Braun", está na trilha sonora da minissérie Cinquentinha, de Aguinaldo Silva.

Fernanda Abreu e Sérgio Loroza foram as primeiras atrações do projeto neste ano, em abril.

Já passaram pelo palco do MS Canta Brasil Paralamas do Sucesso, Diogo Nogueira, Elba Ramalho, Zé Ramalho, entre outros artistas nacionais e locais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Shopping comemora Dia Mundial do Teatro com apresentações escolares
Cultura
Semana musical do Sesc apresenta Solosolar e Odon Nacasato
Cultura
Bacalhau ou chocolate?
Cultura
Neste domingo artesanatos feitos em presídio são comercializados na Exporã
Cultura
Sesc Cultura tem literatura, circo, cinema e exposição na programação
Cultura
Em duas semanas, Top Circo leva mais de mil pessoas a espetáculo
Cultura
Sesc Morada tem samba, rock e MPB nas noites de happy hour
Cultura
Noite cultural na Esplanada Ferroviária lança semana do artesão
Cultura
Sesc Cultura terá estúdios de pintura e cerâmica
Cidade
Paróquia São José comemora 70 anos com quermesse e noite italiana

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Corpo sem cabeça é encontrado em estado de decomposição
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí
Geral
Porto Murtinho se tornará o maior polo exportador de MS