Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

Sarau comemora hoje aniversário de 28 anos do Centro Cultural

02 outubro 2012 - 10h48Divulgação

Acontece hoje (02), das 19 às 21 horas, a 21ª edição do Sarau Cultural, que será em comemoração ao mês de aniversário dos 28 anos do Centro Cultural José Octávio Guizzo, reunindo pessoas e divulgando a rica identidade sul-mato-grossense.

O evento tem entrada franca. O sarau apresenta a produção de artistas locais de vários segmentos com o intuito de mostrar e estimular a troca de experiências. Além dos artistas convidados, o sarau abre espaço também para intervenções do público.

Teatro Imaginário Maracangalha realizará o Cortejo Areotorare baseado na obra de Lobivar Matos, com figurinos de Fábio Maurício.

O grupo de teatro de rua, iniciado em 2005, faz das ruas e praças seu palco principal. Conduzido pelo ator e diretor Fernando Cruz, o Teatro Imaginário Maracangalha utiliza-se de formas alternativas de difusão da arte cênica, ampliando o acesso a maior parte da comunidade, que por motivos diversos, não frequenta as salas de teatro convencionais.

Ao longo desses anos, a trupe tem na bagagem vários espetáculos, entre eles, “Amar é”, “Deixa Falar”, o “Conto da Cantuária”, “Tekohoa, ritual de vida e morte do Deus Pequeno”. O grupo ainda faz parte da Rede Brasileira de Teatro de Rua, discutindo a temática no Brasil e no mundo.

Lucas Brandão é violonista e compositor. Iniciou seus estudos com Pieter Rahmeier quando tinha 11 anos, passando por Eduardo Martinelli e atualmente, com 21 anos, é aluno de Gaetano Galifi no Conservatório Brasileiro de Música. Divide a sua carreira musical na Bossa Nova, no violão erudito e como baixista do grupo de Samba Rock Maria Mulata. Nessa apresentação, Lucas propõe a diversidade da obra para violão, executando obras dos períodos musicais: Romântico e Contemporâneo.

A poeta Fran Zamora traz uma caixa de correio para o meio do salão, com aspecto de po box americano misturado com casa de passarinho, dentro dele haverá algumas poesias e pensamentos da autora.

Michelly Dominiq Amar é pedagoga, produtora cultural, atriz, bailarina e contadora de estórias. Em 24 de outubro lança o documentário Prosa e Segredo em livro e DVD.

Werther Fioravante é arquiteto por formação e músico por puro encanto. Bossa nova é o tom em composições autorias e interpretações singulares.

Origem do Sarau
Do latim seranus, sarau é um evento cultural onde as pessoas se encontram para se expressarem artisticamente. Evento bastante comum no século XIX, consiste em uma reunião festiva que ocorre à tarde ou no início da noite, apresentando dança, poesia, leitura, música acústica e também outras formas de arte como pintura, teatro, performances artísticas e literárias.

Serviço
Mais informações pelo telefone 3317 1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e a 14 de Julho.

Via Notícias MS

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio