Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Som da Concha instrumental terá Marcos Assunção e Rajiv do Sax

09 dezembro 2010 - 17h09
As últimas apresentações do projeto Som da Concha de 2010 serão marcadas pelo som instrumental dos músicos Marcos Assunção e Rajiv do Sax. Os shows acontecem neste domingo (12), a partir das 17h30 na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é franca. Marcos Assunção iniciou em 1998 um intenso trabalho de pesquisa musical. Detentor de uma sonoridade marcante, projeta ao universal o regionalismo na busca de novos horizontes. Em 2003 o músico deu um importante passo na sua carreira ao formar um duo com o violonista Eduardo Martinelli. Em 2004 formou um trio de música instrumental, denominado Toca Trio, desenvolvendo um trabalho próprio e diferenciado. Marcos Assunção teve destaque pela versatilidade e pela técnica primorosa na execução de obras para violão, dos compositores Radamés Gnattali e Agustin Barrios, que ele mesmo adaptou para guitarra. Foi em 2008, porém, que Marcos Assunção iniciou o seu trabalho solo e inaugurou sua fase autoral. Do violão, guitarra semi-acústica e viola caipira nasceram composições inspiradas na sua paixão pela música instrumental, tendo como influências o Jazz e a música brasileira e erudita. Rajiv do Sax é um músico especializado flauta, sax baixo, barítono trompete e Sax alto. Foi regente da Banda de Música Municipal de Rochedo de 2002 a 2005. É integrante da Banda de Música Municipal de Campo Grande Maestro Ulisses Conceição desde 1989. Em 2007 gravou seu primeiro álbum, produzido com repertório de músicas regionais e patrocinado pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais. O instrumentista já participou da gravação de CDs de artistas e grupos musicais que atuam de Mato Grosso do Sul, entre eles, Jucy Ibanes, Lia Mayo, Só pra Descontrair, Banda Maestro Ulisses Conceição, André Barbosa, Edwin Ferraz e Seresteiros de Campo Grande. Som da Concha - Durante este ano, em 36 apresentações, cerca de 7.200 pessoas estiveram presentes nos shows do projeto. Ao todo 194 músicos e intérpretes puderam mostrar sua arte e contribuir com a divulgação da cultura musical de Mato Grosso do Sul. Serviço - O Som da Concha é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, que prevê apresentação de shows em domingos alternados. A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na Rua Antonio Maria Coelho, nº 6000. fonte: CG News
pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Museu Casa Pontal aguarda decisão de prefeitura para retomar obras
Cultura
Imigrantes venezuelanos e líderes de igreja organizam evento
Cultura
Número de indígenas na faculdade é nove vezes maior que 2010
Cultura
Livro sobre heroína indígena criada na capital é uma boa opção para leitura
Cultura
Balneários municipais de MS são opções para passar o feriadão
Geral
Curso grátis de fotografia é aberto no MIS
Cultura
Semana cultural tem cinema e música instrumental no Sesc
Cultura
Bosque dos Ipes abre espaço para exposição indígena
Cidade
Praça Ary Coelho vira palco de muita música e atrações neste sábado
Cultura
No Autódromo, Marquinhos ressalta turismo de eventos

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária