Menu
Busca sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Cultura

Último dia da peça Alma Boa de Setsuan

05 setembro 2010 - 07h36
A população campo-grandense tem mais um dia para conferir a peça teatral “Alma Boa de Setsuan”, que tem no elenco, a atriz Denise Fraga. A sessão deste domingo inicia às 19 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo (Palácio Popular da Cultura). Há quase dois anos em cartaz, a premiada comédia “A Alma Boa de Setsuan” percorreu 16 cidades, sendo encenada para públicos distintos do sul ao nordeste do país - incluindo temporada de dois meses de sucesso absoluto no Rio de Janeiro - em teatros com capacidade entre 400 e 2.100 lugares. Em todos os locais, a peça obteve total aprovação das platéias. De acordo com um dos diretores, o interessante da peça é que ela desvenda o fazer teatral diante do público. Os próprios atores recebem a platéia, distribuem o programa, manipulam o cenário e fazem o serviço de contrarregragem. “A intenção é criar um elenco com o espírito de grupo de teatro, totalmente disponível artisticamente, para contar a história que Brecht escreveu há quase 70 anos”, revela o diretor Marco Antônio Braz, amigo e contemporâneo de Denise Fraga. O elenco é composto por onze atores, em sua maioria comediantes, muitos deles com vivências em grupos como: Ornitorrinco, Teatro da Vertigem, Círculo dos Comediantes e Bendita Trupe. A trilha sonora é de Théo Werneck, os cenários, de Márcio Medina, figurinos de Verônica Julian e luz de Wagner Freire. A parábola é ambientada na China. Três Deuses, nessa adaptação, transformados na Santíssima Trindade e vividos por um único ator, descem a Terra à procura de pelo menos uma alma boa. Depois de muito caminho percorrido em vão, chegam a uma província chamada Setsuan. Lá, encontram a prostituta Chen Tê que lhes dá guarita por uma noite. Na manhã seguinte, eles concluem ser ela a alma boa que tanto procuravam e resolvem lhe pagar pela hospedagem. Com o dinheiro, Chen Tê abre uma tabacaria e muda a sua vida. Dona de seu próprio negócio, Chen Tê começa a sentir que os miseráveis da cidade estão abusando de sua imensa generosidade. Sem conseguir dizer não, ela resolve vestir a “máscara do mal”. Há quase dois anos em cartaz, a peça já recebeu inúmeros prêmios, dentre eles: APCA 2008 de melhor espetáculo e melhor atriz (Denise Fraga); Shell – melhor direção (Marco Antonio Braz); Qualidade Brasil SP 2008 – e RJ 2009 melhor atriz de comédia (Denise Fraga) entre outros, além das indicações nas categorias Cenário, Figurino e Iluminação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Autoridades abominam "declarações nazistas" de secretário de Cultura
Cultura
Secretário de Cultura parafraseia nazista e gera polêmica nas redes sociais
Economia
Mega-Sena acumula e próximo sorteio pode pagar R$ 14 milhões
Cultura
Morre aos 92 anos o artista plástico Francisco Brennand
Cultura
“Falta Um” apresenta espetáculo no teatro de Arena Helena Meireles neste fim de semana
Cultura
Confira a Programação Especial 2020 da TVE Cultura MS
Cultura
Mãos que Criam terá 4 dias de evento e show de Chicão Castro
Cultura
Período de adoção das cartas da campanha Papai Noel dos Correios foi prorrogado
Cultura
Interessados em se apresentar na Cidade do Natal devem se inscrever até hoje
Cultura
Do gospel a MPB, Arte no Meu Bairro será no Tiradentes neste sábado

Mais Lidas

Geral
"Amor não escolhe", diz Eduardo Costa sobre relações com menores
Geral
Com chuvas intensas, Rio Aquidauana está quase em nível de alerta
Geral
Homem morre 13 dias após ingerir veneno
Oportunidade
Funtrab fecha a semana com diversas vagas na capital