Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Aguas setembro-19
Cultura

Último dia da peça Alma Boa de Setsuan

05 setembro 2010 - 07h36
A população campo-grandense tem mais um dia para conferir a peça teatral “Alma Boa de Setsuan”, que tem no elenco, a atriz Denise Fraga. A sessão deste domingo inicia às 19 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo (Palácio Popular da Cultura). Há quase dois anos em cartaz, a premiada comédia “A Alma Boa de Setsuan” percorreu 16 cidades, sendo encenada para públicos distintos do sul ao nordeste do país - incluindo temporada de dois meses de sucesso absoluto no Rio de Janeiro - em teatros com capacidade entre 400 e 2.100 lugares. Em todos os locais, a peça obteve total aprovação das platéias. De acordo com um dos diretores, o interessante da peça é que ela desvenda o fazer teatral diante do público. Os próprios atores recebem a platéia, distribuem o programa, manipulam o cenário e fazem o serviço de contrarregragem. “A intenção é criar um elenco com o espírito de grupo de teatro, totalmente disponível artisticamente, para contar a história que Brecht escreveu há quase 70 anos”, revela o diretor Marco Antônio Braz, amigo e contemporâneo de Denise Fraga. O elenco é composto por onze atores, em sua maioria comediantes, muitos deles com vivências em grupos como: Ornitorrinco, Teatro da Vertigem, Círculo dos Comediantes e Bendita Trupe. A trilha sonora é de Théo Werneck, os cenários, de Márcio Medina, figurinos de Verônica Julian e luz de Wagner Freire. A parábola é ambientada na China. Três Deuses, nessa adaptação, transformados na Santíssima Trindade e vividos por um único ator, descem a Terra à procura de pelo menos uma alma boa. Depois de muito caminho percorrido em vão, chegam a uma província chamada Setsuan. Lá, encontram a prostituta Chen Tê que lhes dá guarita por uma noite. Na manhã seguinte, eles concluem ser ela a alma boa que tanto procuravam e resolvem lhe pagar pela hospedagem. Com o dinheiro, Chen Tê abre uma tabacaria e muda a sua vida. Dona de seu próprio negócio, Chen Tê começa a sentir que os miseráveis da cidade estão abusando de sua imensa generosidade. Sem conseguir dizer não, ela resolve vestir a “máscara do mal”. Há quase dois anos em cartaz, a peça já recebeu inúmeros prêmios, dentre eles: APCA 2008 de melhor espetáculo e melhor atriz (Denise Fraga); Shell – melhor direção (Marco Antonio Braz); Qualidade Brasil SP 2008 – e RJ 2009 melhor atriz de comédia (Denise Fraga) entre outros, além das indicações nas categorias Cenário, Figurino e Iluminação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Fundação da Cultura analisa demandas para o Estado
Cultura
Amazon para de vender livros de "cura gay"
Cultura
Show do Roupa Nova terá tributo a Simon e Garfunkel
Cultura
Com previsão de R$ 15 mi, edital Rumos 2019 é lançado para artistas de todo Brasil
Cultura
Relógio da Estação Ferroviária será reativado na Calógeras
Cultura
Cineasta vai à Câmara e cobra investimentos na cultura da capital
Cultura
Reviva Cultura levará desfile, música, dança e teatro para a nova 14 de julho
Cultura
Quarta Cultural tem Os Filhos de Campo Grande
Cultura
3º Festival Gastronômico da Bom Pastor tem início nesta sexta
Cultura
Formação da sociedade sul-mato-grossense é tema de Ciclo de Palestras na capital

Mais Lidas

Cidade
Vítima é socorrida em estado grave após tentativa de homicídio
Geral
Vídeo - Cliente se revolta com valor pago no “espetinho da Valley” e tenta agredir vendedor
Geral
Fogo em fazenda em Bodoquena quase atinge área urbana
Polícia
Família busca por adolescente que está desaparecida