Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Economia

Conta de luz ficará "mais barata" até dezembro

Medida da Aneel é para aliviar bolso dos consumidores em meio à pandemia

28 maio 2020 - 09h31Priscilla Porangaba, com informações da Aneel

Energia elétrica sem custo adicional para todos os consumidores até dezembro. É que a Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica, decidiu manter a bandeira verde até o dia 31 de dezembro deste ano.

Essa é mais uma medida emergencial da Agência para aliviar a conta de luz dos consumidores em meio à pandemia do Coronavírus.

Os valores das bandeiras tarifárias são atualizados todos os anos, levando em conta dados econômicos do país, como estimativas de mercado e inflação, além da projeção do volume que as usinas hidrelétricas poderão gerar de energia. Ou seja, quanto mais energia gerada, mais barata fica a conta de luz.

Como neste momento de quase paralisação da economia e de redução das atividades industriais, houve uma diminuição no consumo de energia elétrica, foi possível manter a bandeira verde até o final do ano. Em outras palavras: está sobrando energia, por isso o preço fica mais barato.

A manutenção da bandeira verde também levou em consideração as contribuições da Consulta Pública, que tratou justamente dos valores adicionais para o ciclo 2020/2021 e que ficou aberta entre os dias 12 de março e 27 de abril.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela Aneel em 2015 e sinaliza para o consumidor todos os meses os custos de geração de energia no país. Quando a produção nas usinas hidrelétricas está favorável, é acionada a bandeira verde, sem acréscimos na tarifa. Em condições ruins, podem ser acionadas as bandeiras amarela, vermelha 1 ou vermelha 2.

 

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Novo Toque de Recolher muda funcionamento dos shoppings de CG
Economia
Valor do leite sofre reajuste de 18% em MS durante a pandemia
Economia
230 mil empresários receberam indevidamente o auxílio de R$600, aponta TCU
Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência
Economia
Crédito emergencial para empresas será anunciado nesta quarta

Mais Lidas

Geral
Bolivianos bloqueiam fronteira e reivindicam ativação de hospital
Opinião
A Previdência Social
Polícia
Vídeo: Guarda interrompe mais uma “festinha” na capital
Polícia
Jovem acaba com tiro na cabeça ao sair para o primeiro dia de trabalh