Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Economia

Após superar teto, previsão do mercado para inflação cai para 6,5%

28 abril 2014 - 10h35Via G1
A expectativa de inflação do mercado financeiro para este ano, que havia superado pela primeira vez o teto do sistema brasileiro, registrou pequena queda na semana passada para 6,50% - no limite da meta de inflação - informou o Banco Central nesta segunda-feira (28).

De acordo com o relatório de mercado, também conhecido como Focus, que é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras, a previsão dos economistas dos bancos para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2014 passou de 6,51% para 6,50%. Com isso, foi interrompida uma sequência de sete altas consecutivas na estimativa. Para 2015, a expectativa de inflação do mercado ficou estável em 6%.

Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central tanto para 2014 como para 2015 é de 4,5%. Entretanto, há um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Desse modo, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida. O principal instrumento do BC para controlar a inflação é a taxa de juros.

Quando a meta de inflação é descumprida, o presidente da autoridade monetária precisa escrever uma carta aberta ao ministro da Fazenda explicando as razões que motivaram o "estouro" da meta formal. No começo do ano, a inflação avançou com mais intensidade por conta do aumento dos preços dos alimentos – resultado das condições climáticas adversas (seca ou excesso de chuvas) no país.

Taxa de juros
A perspectiva do mercado financeiro é que a elevação dos juros, feita no fim do mês passado pelo Banco Central, não seja a última alta do ano na taxa básica (Selic) da economia brasileira – que vem avançando desde abril de 2013 para conter pressões inflacionárias.

A previsão dos analistas é de que a taxa suba para 11,25% ao ano na próxima reunião do Copom, colegiado do BC responsável por fixar os juros básicos da economia, marcada para o fim de maio, e que assim permaneça até o final deste ano. Para o fechamento de 2015, a previsão dos economistas para os juros ficou estável em 12% ao ano.

Crescimento do PIB

Para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2014, a previsão dos economistas subiu de 1,63% para 1,65% na última semana. O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz.

O crescimento do PIB do país previsto para 2014 continua abaixo do estimado no orçamento federal – de 2,5% – e também menor que a previsão (2%) divulgada pelo Banco Central no mês passado. Para 2015, a perspectiva de expansão da economia brasileira, feita por analistas do mercado financeiro, ficou inalterada em 2% de alta.

Câmbio, balança comercial e investimentos estrangeiros
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2014 ficou estável em R$ 2,45 por dólar. Para o fechamento de 2015, a estimativa dos analistas dos bancos para o dólar caiu de R$ 2,51 para R$ 2,50.

A projeção para o superávit da balança comercial (exportações menos importações) em 2014 permaneceu em US$ 3,02 bilhões na semana passada. Para 2015, a previsão de superávit comercial ficou estável em US$ 10 bilhões.

Para 2013, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil permaneceu em US$ 60 bilhões. Para 2015, a estimativa dos analistas para o aporte de investimentos estrangeiros ficou inalterada em US$ 55 bilhões.
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
"Dia Livre de Impostos" acontece na quinta, dia 27
Economia
Saque do auxílio está disponível para beneficiários nascidos em dezembro
Brasil
Caixa inicia pagamento da 2ª parcela do auxílio; confira o calendário
Economia
Caixa antecipa 2ª parcela do auxílio emergencial; veja o calendário
Economia
Saque do auxílio emergencial está disponível para novo grupo
Economia
Beneficiários nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial
Economia
Beneficiários nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial
Cidade
Véspera do Dia das Mães lota centro da Capital
Economia
Beneficiários nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial nesta sexta
Economia
Nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio