Menu
Busca quinta, 06 de outubro de 2022
(67) 99647-9098
Economia

Auxílio Brasil: Recebem hoje beneficiários com NIS final 3

Até o fim do ano, benefício tem valor mínimo de R$ 600 por família

11 agosto 2022 - 09h10Evelyn Thamaris

A Caixa Econômica Federal paga hoje (11) a parcela de agosto do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 3. É a primeira parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

A emenda constitucional também liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total de beneficiários atendidos pelo programa sobe para 20,2 milhões a partir deste mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Em janeiro, o valor mínimo do Auxílio Brasil voltará a R$ 400, a menos que nova proposta de emenda à Constituição seja aprovada. Tradicionalmente, as datas do Auxílio Brasil seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês. No entanto, portaria editada no início de agosto antecipou o pagamento da parcela deste mês para o período de 9 a 22.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também será pago hoje às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 3. Com valor de R$ 110 neste mês, o benefício segue o calendário do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026. O benefício, que equivalia a 50% do preço médio do botijão de 13 quilos nos últimos seis meses, é retomado em agosto com o valor de 100% do preço médio, o que equivale a R$ 110. Esse aumento vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada pelo Congresso.

Pago a cada dois meses, o Auxílio Gás originalmente tinha orçamento de R$ 1,9 bilhão para este ano, mas a verba subiu para R$ 2,95 bilhões após a promulgação da emenda.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mega-Sena sorteia R$ 3 milhões nesta quarta-feira
Economia
Setor industrial de MS contou com 1,4 mil novos empregos em agosto
Economia
IBGE prorroga coleta Censo 2022 até dezembro
Economia
Preço médio da gasolina tem queda de 1,4% na semana
Economia
Receita Federal paga último lote de restituição do Imposto de Renda
Economia
Prazo de entrega da declaração do Imposto Rural termina hoje
Economia
Auxílio Brasil é pago nesta sexta a beneficiários com NIS final 9
Economia
Imposto de Renda: Receita paga restituições do último lote
Economia
Brasil criou 278.639 empregos formais em agosto
Economia
Pagamento do auxílio Brasil é realizado hoje a beneficiário com NIS final 9

Mais Lidas

Política
Marquinhos quer manter controle da prefeitura
Geral
Sai a lista sêxtupla da OAB
Polícia
JD1TV: Pedestre morre após ser atropelado por moto na Ceará
Polícia
Corpo de homem é encontrado queimado em rua do Nova Lima