Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Economia

Brasileiros pagarão menos imposto sobre a renda obtida em 2014

03 janeiro 2014 - 09h50Via Portal Brasil
Os brasileiros pagarão menos Imposto de Renda sobre os ganhos obtidos neste ano, já que o governo corrigiu a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física em 4,5%. As deduções do imposto serão feitas nos salários pagos em 2014 e valem para a declaração de Imposto de Renda de 2015.

A correção da tabela foi feita em 4,5%, já que essa é a meta definida pelo governo para a inflação anual.

De acordo com a tabela da Receita Federal, estará isento do imposto quem ganhar até R$ 1.787,77, por mês. A alíquota de 7,5% valerá para quem ganha entre R$ 1.787,78 e R$ 2.679,29. De R$2.679,30 a R$ 3.572,43, a alíquota é 15%. A alíquota de 22,5% vai incidir nos salários de R$ 3.572,44 até R$ 4.463,81. E a alíquota de 27,5% é para quem ganha acima de R$ 4.463,81 por mês.

A correção define também quais trabalhadores precisam ou não fazer a declaração, além alterar os limites das despesas dedutíveis do contribuinte. Em 2001, o Congresso Nacional aprovou um ajuste da tabela de 35%, naquele ano, para compensar defasagens acumuladas desde o início do Plano Real, mas o governo da época autorizou somente 17,5%. Naquele período, as correções não eram anuais. Passaram a ser somente depois de 2005. O índice de 4,5% se mantém desde 2007.

Essa é a última correção da tabela promovida de forma automática pelo governo. A Receita Federal vinha aplicando o percentual de correção de 4,5% desde 2007, com previsão de acabar em 2010, mas em 2011 o governo editou a Medida Provisória 528, prorrogando a correção pelo mesmo percentual até 2014. A correção entrou em vigor nessa quarta-feira (1º).

O governo também corrigiu em 4,5% a tabela progressiva para pagamento de Imposto de Renda sobre o recebimento de Participação nos Lucros de Resultados (PLR) pelos trabalhadores.

A nova tabela em 2014 foi publicada nessa quinta-feira (02), por meio da instrução normativa nº 1.433 da Receita Federal do Brasil, no Diário Oficial da União.
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Caixa antecipa 2ª parcela do auxílio emergencial; veja o calendário
Economia
Saque do auxílio emergencial está disponível para novo grupo
Economia
Beneficiários nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial
Economia
Beneficiários nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial
Cidade
Véspera do Dia das Mães lota centro da Capital
Economia
Beneficiários nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial nesta sexta
Economia
Nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
Economia
Beneficiários nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial
Economia
Trabalhadores nascidos em março podem sacar auxílio emergencial
Economia
Beneficiários nascidos em fevereiro podem sacar auxílio emergencial

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio