Menu
Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Economia

Caixa paga parcela do Bolsa Família para beneficiários de NIS final 4 nesta quinta

Os pagamentos seguem até o dia 28 deste mês

20 junho 2024 - 06h30Luiz Vinicius

Beneficiários do NIS (Número de Inscrição Social) com final de número 3 recebem nesta quarta-feira (19), a parcela do mês de junho do pagamento do Bolsa Família. Os pagamentos seguem até o dia 28 deste mês.

Os beneficiários do Rio Grande do Sul recebem o pagamento nesta segunda, independentemente do NIS. O pagamento unificado beneficiará cerca de 658 mil moradores do estado. Moradores de municípios em emergência ou estado de calamidade pública em outros estados também receberão o Bolsa Família nesta segunda, independentemente do NIS.

O valor mínimo corresponde a R$ 600. Além do benefício mínimo, há o pagamento de três adicionais. O Benefício Variável Familiar Nutriz paga seis parcelas de R$ 50 as mães de bebês de até seis meses, para garantir a alimentação da criança. O Bolsa Família também paga um acréscimo de R$ 50 as famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos e outro, de R$ 150, a famílias com crianças de até 6 anos.

No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupanças digitais do banco.

Além do benefício integral, cerca de 2,6 milhões de famílias estão na regra de proteção em junho. Em vigor desde junho do ano passado, essa regra permite que famílias cujos membros consigam emprego e melhorem a renda recebam 50% do benefício a que teriam direito por até dois anos, desde que cada integrante receba o equivalente a até meio salário mínimo.

A partir deste ano, os beneficiários do Bolsa Família não têm mais o desconto do Seguro Defeso. A mudança foi estabelecida pela Lei 14.601/2023, que resgatou o Programa Bolsa Família (PBF). O Seguro Defeso é pago a pessoas que sobrevivem exclusivamente da pesca artesanal e que não podem exercer a atividade durante o período da piracema (reprodução dos peixes).

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Economia
"Não vamos cortar o salário mínimo", reafirma Lula
Dia dos Pais vai movimentar quase R$ 350 milhões em MS
Economia
Dia dos Pais vai movimentar quase R$ 350 milhões em MS
Setor de Serviços tem em alta em maio, se comparado ao mesmo mês em 2023
Economia
Setor de Serviços tem em alta em maio, se comparado ao mesmo mês em 2023
Dólar tem queda e encerra a semana a R$ 5,43
Economia
Dólar tem queda e encerra a semana a R$ 5,43
Divulgação -
Justiça
TJMS dá aval para projeto que muda regras de custas em ações de honorários
Setor de celulose projeta expansão com quatro novas fábricas em MS até 2032
Economia
Setor de celulose projeta expansão com quatro novas fábricas em MS até 2032
Pix bate novo recorde de transações
Economia
Pix bate novo recorde de transações
Dólar registra alta e encerra o dia cotado a R$ 5,47
Economia
Dólar registra alta e encerra o dia cotado a R$ 5,47
Celulose puxaram a balança comercial de Mato Grosso do Sul
Economia
Soja e celulose: Exportações de MS superam a marca de 5 bilhões de dólares no ano
Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do gás de cozinha
Economia
Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do gás de cozinha

Mais Lidas

Casa da Mulher Brasileira, a Deam
Polícia
Miojinho? Homem surta após 'g0zAr rápido' durante swing com esposa e amigos no Colúmbia
Próximos dias serão quentes
Clima
Até logo, frio! Temperaturas voltam a subir e Capital deve registrar 30ºC esta semana
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Polícia
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Tempo amanheceu bem nublado e frio em Campo Grande
Clima
Frio continua pela manhã e máximas começam a subir em MS